Como foi o III Fórum de Hotelaria Hospitalar do Norte e Nordeste Hospitalmed 2018

Aconteceu em Recife (Pernambuco) o III Forum de Hotelaria Hospitalar do Norte e Nordeste do Brasil dentro da Feira HospitalMed, foi um sucesso contando com mais de 150 pessoas.

Na palestra de Inovações na Liberação de Leitos o Engenheiro Luiz Roberto (Beto) discursou por 30 minutos e detalhou as melhores práticas na liberação e giro de leito hospitalar. Em sua palestra, o Beto, falou desde as novas tecnologias como Robôs, Internet das Coisas, mas também como a melhor tecnologia (em sua visão) para girar um leito. Assista na íntegra a palestra abaixo:

O evento contou com grandes nomes da Hotelaria Hospitalar do Brasil, veja abaixo a programação completa do evento

 

p_20181003_144219.jpgMarcelo Boeger deu as boas vindas e explicou um pouco da evolução da Hotelaria Hospitalar no Brasil, destacou que em meados do ano 2000 poucas pessoas sabiam o que era Hotelaria Hospitalar, que não havia um cargo de gerência, que não tinham uma sala e que a Hotelaria não tinha voz, no entanto, passados 18 anos a Hotelaria se tornou uma grande área dentro da instituição e que agora participa da estratégia do Hospital.

P_20181003_144747

Na sequência Lauro Miquelin – CEO da L+M, destacou as inovações na Hotelaria Hospitalar, comentou das mudanças recentes na composição dos Hospitais como por exemplo grandes grupos Hospitalares, diferentes formas de contratação como por exemplo, produtos comprados como serviços etc.

 

 

A palestra do Eng. Marcelo Tilio diretor da Evolutix foi baseada em Hospital Inteligente e apresentou uma ferramenta de automação do quarto voltado para o paciente, como por exemplo, controlar a TV, a cortina, o ar condicionado e chamar o time de enfermagem por um tablet.

Após as palestras iniciais, ocorreram 2 debates, o primeiro foi discutido a sustentabilidade e apresentando o case de sucesso de economia de água do Hospital Unimed Fortaleza pelo Sr. Huelington Rocha Sampaio e moderado pelo CEO da W-Energy Sr. Wagner Carvalho.

O segundo debate foi moderado pelo Eng. Mauricio Almendro Diretor do Grupo Verzani&Sandrini e apresentado o case de controle de acesso do Patrimônio de 2 grandes Hospitais, Unimed Americana e Unimed Recife.

Já a ultima palestra do dia foi conduzida pela Coordenadora de Operações do Hospital HCOR de SP a Sra. Katia de Assis. Sua fala foi baseada na Inovação e Redução de custos na Higiene Hospitalar. Katia demonstrou a aplicação de máquinas em substituição as limpezas convencionais e se mostrou super eficiente em alguns setores como por exemplo, nas áreas comuns. Um grande benefício destacado pela coordenadora é que a máquina carrega sua própria água e depois de lavar já seca, não sendo necessário balde e depois rodo para enxugar. Além de veloz a máquina trás o benefício ergonômico e econômico para a instituição, abaixo segue detalhe da máquina utilizada no Hospital HCOR.

hcor

Abaixo seguem algumas fotos do evento:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Como foi Mesa redonda de Hotelaria Hospitalar e Facilities no SENAC

 A mesa-redonda Hotelaria Hospitalar e Facilities, abordou os seguintes temas:
  • Tecnologia Aplicada ao Gerenciamento de Leitos, com Gladys Antonioli – Hospital Santa Catarina,
  • Apresentação do Sistema Voice para Gerenciamento de Leitos com Luiz Roberto de Oliveira (Beto) – Voice Technology
  • Experiência do Cliente com Marcia Caselato – BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo,
  • O Novo Paciente da Saúde com Marina Muto – Hospital Sírio-Libanês
  • A Visualização da “Vida em Movimento” nos Ambientes de Saúde com Lauro Miquelin – L+M Gets
IMG_0211.jpgIldete Maria de Almeida Perezim , Professora e Coordenadora da Pós Graduação em Hotelaria Hospitalar do SENAC (a anfitriã do evento)  fez o papel de mestre de cerimonia,
Fez o discurso inicial sobre o mercado de Hotelaria Hospitalar, da importância da Pós de Hotelaria Hospitalar do SENAC e o prazer de reencontrar todos, principalmente o orgulho de ver seus alunos e ex alunos prestigiando o evento.
Tivemos a honra de sermos representados pelo Sócio Diretor da Voice o Engenheiro Luiz Roberto de Oliveira (Beto).

Beto Voice

 A palestra de Luiz Roberto de Oliveira (Beto) iniciou com uma comparação do Sistema Voice com os recursos utilizados com muito sucesso na Aviação.
Beto ilustrou que alguns processos do Voice são inspirados nos processos da Torre de controle de um aeroporto e as telas de acompanhamento dos leitos usam os mesmos conceitos dos painéis de vôos presentes nas áreas comuns.
Temos um trecho gravado desta comparação:
Beto, explicitou que a adoção de ferramentas tecnológicas devem servir para colaborar com a operação de Hotelaria Hospitalar de forma que esta libere os recursos humanos para cuidar…
Gravamos um trecho da palestra onde Beto mostra a simplicidade da interação com o profissional de limpeza:
Beto mostra que o sistema Voice é acessível ! O reaproveitamento da estrutura telefônica existente nos Hospitais (nos quartos e/ou nos postos) é um fator de viabilidade para qualquer Hospital.
No próximo trecho, é demonstrado o potencial de controle da operação e como fica claro e nítido no painel de acompanhamento o estado de todos os lugares e de todos os funcionários. Quais leitos estão aguardando, quanto tempo leva em cada deslocamento, quanto tempo está cada limpeza e se cada uma esta na meta, chegando perto de estourar o tempo ou se está atrasado. Tudo de forma visual !
Outra palestra que nos orgulhou muito, foi de nossa cliente Gladys Antonieli do Hospital Santa Catarina que teve o tema Tecnologia Aplicada ao Gerenciamento de Leitos,
Segue um rápido trecho do Inicio da palestra de Gladys:
Gladys.jpg
Gladys inicialmente destacou a importância do Treinamento a equipe na operação de Gerenciamento de leitos.
Fez uma rápida comparação entre Hotelaria tradicional com a Hotelaria Hospitalar.
O ambiente de um hotel é de uma previsibilidade grande, já em um Hospital a qualquer momento aparece um paciente, e muitas vezes de situações e lugares não previstos, Pode aparecer um paciente que estava no Centro médico, pode entrar internações emergenciais do pronto atendimento etc.
dsc02056-e1524605666818.jpgDados em sistema ajudam muito a operação.
Gladys comenta de ter em mãos:
  • dados médios do Pronto Atendimento, como conversão de atendimento em internação,
  • o mapa cirúrgico que dá médias a disposição.

Mas comenta que apenas dados como “Em média de …” e que quando um médico liga dizendo que um paciente precisa internar agora, como deixá-lo para fora ? …

Mesmo com dados em mão de previsão de alta. É apenas uma provável alta. Por mais assertivo que os dados sejam, Sempre tem a possibilidade de falha na previsão.
Gravamos quase toda a palestra de Gladys:
Em sua palestra Gladys define:
Calcanhar de Aquiles da hotelaria hospitalar é o Gerenciamento de Leitos
Gladys Antonioli ,
E justifica a importância de ter tecnologia no Gerenciamento de leitos
Outra palestra foi : “Experiência do Cliente” com Marcia Caselato – BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo
marcia bpMarcia destacou muito a Transformação cultural dos ultimos tempos, a evolução de Facilities em um Hospital, a importância da experência da BP em Educação continuada
que se baseia na Experiência do cliente.
O fundamento da Educação continuada e a base da Experiência do cliente Esta no planejamento estratégico da Instituição.
A Experiência do cliente é sempre o alvo. Segundo Márcia a necessidade de Protocolar as ações mas com o cuidado de não robotizar as pessoas. E Importância do acolher e da humanização no atendimento é um dos objetivos do programa da BP.
Em um depoimento dela, as primeiras reações ao primeiro treinamento é: “Porque estou aqui” , mas este mesmo funcionário em um segundo treinamento já identifica pontos e pensa “Isso faz sentido” e que estes mesmos funcionários que passaram pelo 2 anteriores quando termina o terceiro o maior interesse deles é : “Quando será o próximo “

IMG_0195.jpg

A palestra de Marina Muto, do Hospital Sírio Libanês, teve como tema : “O novo paciente da Saúde”

Destacou inicialmente que a saúde não é descolada da economia. que assim como a economia real, o mercado econômico da Saúde também tem sofrido muito.
Fatores como:
  • Aumento de desemprego
  • Diminuição de convênios corporativo
  • Perda de clientes
Tem obrigado aos Hospitais se reinventarem para se adptar:
  • as novas demandas
  • Novos hábitos,
  • Operadoras de saúde
Citou o fato de voltarmos a costumes de mais de 40 anos atrás, devido a imposição do Médico de família pelas operadoras e somente depois distribuir pafra especialistas.

IMG_0237.jpg

Falou bastante também sobre o novo perfil do paciente. A Informação já está na palma da mão do paciente, muitas vezes ele só vai ao médico pegar a prescrição. Muitas dessas vezes o paciente já sabe o que quer!
Atualmente há Sede de informação, antes de ir o paciente quer saber o Tempo de espera? Qual tipo de documento ? etc.
 
Marina, deixou claro que é importante somar a tecnologia a humanização do atendimento e garantir que o acolhimento seja destacado. Definindo : Tecnologia com calor humano.
Importância de se trazer a essência do ser humano , cuidar. Deixar a tecnologia ajudar mas não substituir o atendimento, o olho no olho … Servir para cuidar o ser humano,
Acolhimento ! Pessoas que querem que pessoas atendem
Assim é importante de Cuidar de quem cuida… No Sírio os colaboradores são cuidados dentro do Hospital. Passam na pele como é importante sentir como é ser cuidado

Ildete

A expectativa do novo paciente da saúde
Após o fim da palestra de Marina.
A anfitriã Ildete Perezim, pede a palavra e fala de seu Mestrado que teve o tema ” Hospitalidade e Morte” e aproveita um comentário da Marina sobre a experiência dos concierge de 20 anos com a morte.

Lauro

Lauro iniciou sua palestra com o tema:
A Visualização da
“Vida em Movimento”
nos Ambientes de Saúde
Logo no início tratou um conceito de Melhor estado possível de Bem estar.
O que podemos fazer para devolver ao paciente ao MePoBe ?
Definindo MePoBe :
“melhor estado possível de bem estar” 
mantendo o Sistema de Saúde financeiramente viável enqanto entregamos o MePoBe ?
projetando e controlando os custos nos patamares que a Sociedade aceitar pagar …
Lauro ilustrou bem o MePoBe para diferentes pessoas, usou a imagem de pessoas famosas como esportista Neymar, a modela Gisele Bündchen e o Cientista Steven Hopkins…
Para ilustrar a importância do entendimento dos processos e rotas, apresentou o seguinte vídeo : Vida em movimento

Particpantes da mesa

Gladys Antonioli

gladys
 Pós-graduada em Hotelaria Hospitalar, Administração Hospitalar- Gerenciamento e Gerenciamento de Enfermagem.
Tem MBA em Gestão Financeira.
É coordenadora administrativa do Hospital Santa Catarina.
happy-hour-healthcare-it_ft-mila-cordeiro247.jpg
Engenheiro Eletricista.
Pós-graduado pela Universidade de São Paulo (USP).
Faz parte do grupo de estudos do Hospital 4.0 do Hospital das Clínicas.
Atua na área hospitalar há 15 anos.
Sócio da Voice Technology.
Marcia Caselato
 Graduada em Arquitetura e Urbanismo e pós-graduada em Administração Hoteleira. Tem mais de 20 anos de experiência nas áreas de Hotelaria Hospitalar e Facilities.
Atualmente, é gerente-executiva de Experiência do Cliente em Cuidados Hoteleiros da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Marina Muto

Especialização em Gestão em Saúde, em Administração de Serviços de Saúde e Administração Hospitalar e MBA em Gestão de Operações, Produtos e Serviços.
Graduada em Enfermagem.
Gerente de Atendimento do Hospital Sírio-Libanês.
lauromiquelin
Arquiteto e PhD em Arquitetura de Edifícios de Saúde. É Diretor de Tecnologias e Obras da L M Gets. Tem mais de 30 anos de experiência na implantação de empreendimentos de saúde. Autor dos livros Anatomia dos Edifícios Hospitalares e UTIs Contemporâneas.

Trechos da mesa

No início o mediador Lauro Miquelin, insere primeiramente o tema capacitação e na melhora dos processos. Com a frase :

Capacitar para ter processos. Para que os processos sejam sem gordura e ao ponto !

Lauro Miquelin

coloca em debate as aplicações de Lean, consagradas na Indústria desde os anos 40 e agora sendo aplicado no ambiente de saúde. Lauro ainda cita que a absorção de tecnologias é baixa nos Hospitais devido ao fato de os processos não estarem aplicados.

No vídeo a seguir temos este trecho gravado, onde o mediador coloca sua “provocação” inicial

Após a provocação inicial, ” Capacitar para amar “, o mediador deu a palavra para Marina e Márcia:

 

Fala de Gladys do Santa Catarina sobre a importância de colocar as pessoas nos lugares certos para garantir o melhor serviço ao paciente

 

 

Hotelaria Hospitalar e Facilities

A hotelaria hospitalar é um dos componentes da moderna gestão hospitalar, que tem como missão gerir uma série de serviços prestados aos pacientes, familiares e a todos os profissionais que trabalham em unidades hospitalares.

A utilização de modelos de gestão de facilities no desenvolvimento desses serviços promove resultados satisfatórios e potencializa a vantagem competitiva da organização. Além dos aspectos de gestão de vários serviços, a hotelaria hospitalar tem como objetivo implantar e ser responsável pela hospitalidade e humanização nos processos de atendimento, atuando muito próxima ao nível estratégico da gestão hospitalar.

Sobre o Senac Aclimação

Endereco: Rua Pires da Mota, 838 – São Paulo – Telefone: 11 3795-1299 – E-mail: aclimacao@sp.senac.br

 

Como foi a III Jornada de Hotelaria Hospitalar do Distrito Federal e Goiás

A III JORNADA DE HOTELARIA HOSPITALAR do DF e GO teve os seguintes palestrantes em destaque:

20171117_135409.jpg

 

Nós da Voice apoiamos este evento e estivemos presentes, nosso Engenheiro Luiz Roberto de Oliveira (Beto), esteve no evento e aproveitou para registrar tudo que aconteceu por lá !

Na foto ao lado, Beto mostra o espaço onde ficamos a disposição para demonstrar nossas soluções de:

 

20171117_101146

Alvaro Camargo

Um dos destaques desta Jornada foi a apresentação do Professor Alvaro Camargo.

O Professor abordou o tema de Conflitos Sistêmicos.

Iniciou abordando sobre a definição sobre sistemas, citou que estes podem ser desde sistemas tecnológicos até a sistemas sociais e ilustrou bem os possíveis impactos da implantação de um sistema.

A palestra do Professor trouxe uma nova abordagem para a Hotelaria Hospitalar e agregou muito a Jornada.

Gravamos um trecho inicial de sua palestra, a qual ficamos muito honrados com a menção do Professor sobre nosso sistema.

img_7948Já o Professor Marcelo Boeger, Presidente da Sociedade Latino Americana de Hotelaria Hospitalar e Sócio Diretor da Hospitalidade Consultoria para Meios de Hospedagem e também Coordenador e Professor da Pós Hotelaria Hospitalar do Einstein, palestrou sobre o tema : Desperdício em Hotelaria Hospitalar.

Na palestra , Marcelo indicou os principais pontos de desperdício em um Hospital em que todos estes estão na mão da Hotelaria Hospitalar.

Um recado ficou bem claro na apresentação: “que o dinheiro está na mesa ! ” e que o gestor de Hotelaria em um Hospital pode sim gerar economia nas oportunidades apontadas.

Um dos grandes apontamentos do Professor Boeger, foi a oportunidade de melhoria nos processos de gestão de leitos. O que foi um excelente gancho para a apresentação de Izabela Moreira do Hospital Anchieta que demonstrou os ganhos no Gerenciamento de leitos.

foto izabelaIzabela Moreira Alves , Gerente de Hotelaria no Hospital Anchieta ,graduada em enfermagem e obstetrícia pela Universidade de Brasília-UnB. Pos graduada em gestão hospitalar e sistemas de saúde pela faculdade Oswaldo Cruz e especializada em relações humanas e liderança pela Dale Carnegie Institute. Fez sua palestra sobre Gestão de leitos.

Izabela demonstrou o Case do Hospital Anchieta em Gerenciamento de leitos e destacou o uso da tecnologia. Mostrou como o Hospital Anchieta se beneficia da integração entre Voice e MV. Mostrou vários painéis vivos de acompanhamento que proporcionam o controle em tempo real.

No final de sua palestra, Izabela demonstrou os ganhos no giro do leito que teve com a implantação do Voice:IMG_8323.JPG

  • Tempo de espera:
    • de 4 hs 46m 20s
    • para 1h 27m 25s
  • Tempo de deslocamento
    • de 7m 55s
    • para 8m 14s
  • Tempo de Higiene
    • de 1h 0m 47s
    • para 52m 26s
  • Tempo de supervisão
    • de 36m 29m
    • para 16m 54s
  • Tempo total:
    • de 6hs 31m 35s
    • para 1h 54m 02s

img_7950Já Maurício Almendro, Engenheiro e atualmente é Diretor de Negócios em Saúde do Grupo Verzani & Sandrini, palestrou com o tema:

“Facilities e Hotelaria Hospitalar ”

Após as palestras tivemos uma mesa redonda de debates com a participação dos palestrantes Marcelo, Alvaro e Maurício.

A mesa respondeu perguntas dos participantes da Jornada e debateram sobre os temas os quais foram levantados.

20171117_114005

A seguir temos um pequeno trecho o qual gravamos da fala do Professor Alvaro Camargo no debate:

 

Segue uma galeria de fotos do evento:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

20171117_122010Organizadoras da Jornada

Queremos parabenizar as idealizadoras e organizadoras da Jornada:

 

Sobre a Sociedade de Hotelaria Hospitalar do DF/GO

hotelariahospitalardfgoA SBHHDFGO é a organizadora da Jornada de Hotelaria Hospitalar.

A Hotelaria Hospitalar nos últimos anos tem sido alvo de debates, discussões e inovações no âmbito da saúde. Devido à necessidade de oferecer apoio aos profissionais da área de saúde e ampliar os debates por intermédio dos congressos, observaram a necessidade da criação da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hospitalar.

Galeria de Fotos da V Jornada Baiana de Hotelaria Hospitalar

No dia 24 de Agosto de 2017, aconteceu em Salvador, a V Jornada Baiana de Hotelaria Hospitalar, o evento ocorreu no auditório Linus Pauling (Rua Altíno Serbeto de Barros , 119 – Pituba).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Temos o resumo deste evento: Como foi omo foi a V Jornada Baiana de Hotelaria Hospitalar .

Como foi a V Jornada Baiana de Hotelaria Hospitalar

No dia 24 de Agosto de 2017, aconteceu a V Jornada Baiana de Hotelaria Hospitalar, o evento ocorreu no auditório Linus Pauling (Rua Altíno Serbeto de Barros , 119 – Pituba).

Marcelo Boeger começou a Jornada realizando a nomeação do novo organograma da Sociedade Bahiana de Hotelaria Hospitalar.

Os nomeados foram:

Presidente: Vitoria Simões

Vice-Presidente: Virginia Di Tullio,

1°Secretaria: Daniele Rosa,

2°Secretária: Suyenne Melo Duplat,

Tesoureira: Camila Garcia,

Tesoureira: Camila Bonfim,

Conselho FiscalMilena Silva, Daniela Montenegro e Luciana Boa Morte.

A palestra do Coordenador de Hotelaria e Hospitalidade do Hospital Infantil Sabará ( SP ) – Marconi M. de Freitas – , teve como foco os serviços de hospitalidade e humanização, bem como a participação da equipe multidisciplinar, no sucesso das ações, com o encantamento de pacientes e familiares, mas jamais deixando a missão do hospital, e a prioridade – segurança e excelência no atendimento.

O público presente pode observar na apresentação trazida por Marconi, algumas atividades desenvolvidas no hospital, e que são exemplos de sucesso absoluto, como os serviços de hospitalidade ( check-in e check-out, comemorações de aniversários, nutrição e pratos elaborados para o público infantil, e a limpeza e lavagem das fachadas do hospital, realizada semestralmente com profissionais da área, mas com fantasias de Super Heróis – Superman, Batman, Robin, Capitão América – dentre outros, e que, no contato e interação com os pacientes, são fundamentais para a humanização e colaboram com a recuperação dos mesmos..

Veja reportagem da rede gazeta ratificando a palestra do Marconi.

O Engenheiro Luiz Roberto, o Beto da empresa Voice Technology, focou em Tecnologia e trouxe exemplos reais de aplicações em Hotelaria Hospitalar, como por exemplo, o uso do telefone e tablets para gerenciar o Setup do Leito.

Beto entende que os indicadores de produtividade não devem ser construídos com base em suposições, esses dados devem ser extraídos de sistema e sem manipulações!

1503594837486

Marcelo Boeger, sócio da empresa Hospitallidade e Presidente da Sociedade Latino Americana de Hotelaria Hospitalar, falou sobre Indicadores na Hotelaria Hospitalar. Boeger abordou diversos indicadores – entre eles, o tempo médio de permanência dos pacientes (TMP) que segundo dados da ANAHP está  em 4,5 dias. Segundo ele, os serviços de hotelaria tem grande intensidade no contato do cliente nesta fase de internação – por meio da alimentação, da distribuição de enxoval, limpeza e manutenção e as coletas de roupa e resíduos sólidos – por exemplo.

Jacqueline Canuto, que é gerente de Qualidade do Hospital São Raphael, iniciou sua palestra mostrando alguns dados surpreendentes, como por exemplo, 1 em cada 10 pacientes que recebem cuidados assistenciais sofrem algum dano e que 50% dos equipamentos médicos estão parcial ou totalmente fora de condições de serem utilizados.

Por fim, Roberto Farias falou sobre Gerenciamento de Enxoval e Inovações em Lavanderias. Roberto comentou o quanto custa caro fazer inventário de enxoval e que muitas vezes se chega num resultado já sabido. Com relação a inovação disse que “Inovar nem sempre é criar algo novo” e dessa forma trouxe exemplos de lavanderias / hospitais que já usam chips no enxoval para controlar com mais eficiência.

Mensagem deixada por Roberto

“A aplicação dos 3 Hs (hospitalidade, humanização e hotelaria) são pilares da nova dimensão no atendimento ao cliente de saúde. Enfim, saúde não tem preço, mas tem custo”

Membros da Sociedade Baiana juntamente com Beto e Roberto Farias

Sobre a Sociedade Baiana de Hotelaria Hospitalar

A SBHH – Seccional Bahia foi fundada em 27 de agosto 2007, e tem por objetivo reunir profissionais do Estado Bahia da área da Saúde que desempenham as suas atividades na Hotelaria Hospitalar e afins.
A sociedade durante esta década vem desenvolvendo atividades de cunho científico cultural.

Contato: hhbahia@gmail.com

Galeria de Fotos:

Clique aqui

Fontes:

http://www.hospitalinfantilsabara.org.br/videos-interessantes/

Como foi o III Simpósio Carioca de Hotelaria Hospitalar

schh

No dia 23 de Setembro de 2016, na cidade do Rio de Janeiro aconteceu o III Simpósio Carioca de Hotelaria Hospitalar.

Este evento foi organizado pela Sociedade de Hotelaria Hospitalar do Estado do Rio de Janeiro (SHHERJ) e apoioado pela AHAERJ (Associação de Hospitais do Estado do Rio de Janeiro), e teve mais de 200 pessoas durante todo o evento.

img_4237

Luiz Roberto – Beto Voice

Nos orgulhamos de ter participado deste evento e poder contribuir com a divulgação de conhecimento na área.

Nosso especialista Luiz Roberto de Oliveira (Beto), (Engenheiro e Sócio da Voice Technology) falou sobre Check list Hospitalar automatizado com Tablets.

O Checklist Hospitalar automatizado com tablet da Voice, é uma solução que vem substituir processos já existentes que normalmente são manuais e que necessitam de planilhas paralelas.

Usado em Hospitais e clínicas, tudo virou eletrônico, desde a realização das atividades, registros e acionamentos automáticos. O Hospital tem a disposição todo gerenciamento on line com relatórios e acompanhamento em tempo real.

Ficamos muito honrado também com as palestras de atuais clientes da Voice neste importante evento como a Laís Freitas (Líder de Atendimento no Hospital Infantil Sabará) e Maria Helena Peraccini – (Consultora na Brasanitas e Presidente da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hospitalar) .

Abaixo um breve resumo de tudo que aconteceu:

Nossa cliente Laís Freitas (Líder de Atendimento no Hospital Infantil Sabará) Fez a seguinte palestra:

Gerenciamento de Leitos, Case de Sucesso do Hospital Infantil Sabará, Acreditado Joint Commission International”

Laís, inicialmente apresentou o Hospital e rodou o seguinte vídeo:

img_20160923_163043218_hdrO filme demonstrou a cultura, valores e posicionamento do Hospital que tem acreditação internacional da JCI – Joint Commission International . O Sabará é um Hospital da Fundação José Luiz Egydio Setúbal e tem o foco “cuidar das crianças” . Ele se adequou ao conceito “Children Hospital” (Hospital completo no atendimento à crianças).   Na sequência de sua apresentação, Laís Freitas falou como o Hospital Sabará gerencia os leitos desde a Alta Hospitalar até a Liberação do Leito limpo.

img_4242

O grande diferencial da apresentação de Laís, foi a forma a qual seu Hospital utiliza a tecnologia no Gerenciamento de leitos.

Eles utilizam nosso Sinapsys Health Care e através da utilização dos ramais dos quartos, fazem os lançamentos de entrada e saída da limpeza terminal. No momento da atualização do Status de fim de limpeza, nossos sistema já informa qual é o próximo leito que o funcionário tem que se deslocar e ao chegar ao destino o funcionário registra entrada.

Todo este processo garante a monitoração online de todas as etapas do fluxo de limpeza, dando na tela dados de todas as atividades. Assim o Gerenciamento de Leitos é realizado on line e com todo o acompanhamento através de um Dashbord .

Laís também comentou como é realizado o controle das limpezas concorrentes e o gerenciamento on line destas.

A Palestra de Boas Vindas do Evento, assim como toda a condução do evento foi realizado por Flávia Fávero – Presidente da Sociedade de Hotelaria Hospitalar do Estado do Rio de Janeiro (SHHERJ).

O Evento foi aberto por uma Mesa composta pelas responsáveis das Associações e Organizações apoiadoras.

img_4238

Antonio Carlos Di Tullio e Flávia Fávero

Na sequencia, Antonio Carlos Di Tullio – Terapeuta Transpessoal, Filósofo e Professor de Yoga. Fez a Palestra:

Meditação: Onde está a sua âncora?”

Ele conseguiu empolgar a todos os presentes. Sua palestra teve muita interação com o público e fez todos se mexerem.

simposio__1_20161004_2033959132

Palestra de Antonio Carlos

 

 

img_4234

Leila e Maurício Almendro da Vivante

O Engenheiro Mauricio Almendro.   (empresa Vivante) fez a seguinte palestra:

Novas Tecnologias em Gestão de Infraestrutura e o impacto na Hotelaria Hospitalar

Sua palestra foi muito ilustrativa e conseguiu destacar várias inovações tecnológicas.

img_20160923_124057578_hdrEle foi muito enfático ao afirmar que tecnologias que trazem mobilidade e as quais se utilizam de recursos computacionais em Nuvem irão ser dominantes e que hoje já são uma tendência.

Conseguiu fazer uma correlação direta de quais tecnologias são mais “apropriadas” e quais já são  utilizadas no âmbito Hospitalar.

Ivonete Melo (Consultora em Hotelaria Hospitalar) fez a seguinte palestra:

Como Garantir a Qualidade na Prestação de Serviços SLA e os Resultados

img_20160923_140851553

A Ivonete fez uma excelente abordagem sobre o tema e construiu em sua palestra a seguinte mensagem:

Que para garantir a qualidade na prestação de serviço devemos construir junto com os fornecedores um SLA forte e verdadeiro e que seja possível conseguir chegar nos resultados.

img_4235

Vania Garrido e Ivonete Melo

Conceitos importantes foram destacados:

  • O que pode ser terceirizado,
  • O que não pode,
  • Atividade Fim
  • importância de renovar os contratos constantemente
  • importância de ter tanto Penalizações tanto Bonificações

Na sequencia tivemos a palestra de Maria Helena Peraccini (Presidente da Associação Brasileira de Hotelaria Hospitalar) que complementou a palestra da Ivonete com exemplos práticos os quais são aplicados no mercado.

img_20160923_144421665_hdrMaria Helena demonstrou sua experiência profissional no tema e transmitiu com muito êxito como fazer isso na prática.

Para ilustrar a palestra foi usado material da empresa Brasanitas (nosso cliente que usa nosso sistema em operações as quais também prestam o serviço de Gerenciamento de leitos)  .

img_4240

Leila e Maria Helena

A palestra de Maria Helena na sequencia da Ivonete foi muito interessante e didático.

Ivonete nos mostrou na teoria como “deve” ser feito e na sequencia, Maria Helena demonstrou na prática como a teoria é aplicada.

Os exemplos dos controles e indicadores de sua empresa (Brasanitas) foram cruciais para provar os conceitos teóricos . As duas palestras foram complementares e muito alinhadas.

Um destaque na palestra de Maria Helena, foi colocar que alguns itens não podem ser simplesmente atendido ou não… e falou da experiência deles em dar Notas e Classificações nos SLA.

lalalalaJá Marcelo Boeger, Presidente da Sociedade Latino Americana Hotelaria Hospitalar e Sócio Diretor da Hospitallidade Consultoria, fez a seguinte palestra:

“Gerenciamento de Riscos na Hotelaria Hospitalar”

Boeger, como de costume, realizou uma ótima palestra e abordou nesse congresso um tema delicado e que se passado despercebido podem causar um enorme transtorno para as

img_4241

Marcelo Boeger e Ivonete Melo

instituições. Boeger nos mostrou alguns exemplos de avisos e pequenos procedimentos que se não treinados podem causar acidentes entre os colaboradores do Hospital e até mesmo nos pacientes que circulam por todas as áreas do Hospital.

Algumas frases de Marcelo foram muito reforçadas em sua palestra, um exemplo foi:

Hotelaria tem que medir tudo !

Outro exemplo foi:

Tem que ter Processo !

img_4239

Virginia DiTullio e Antonio Carlos

Virginia DiTullio (Presidente da Sociedade Baiana de Hotelaria Hospitalar) fez a seguinte palestra:

“Inteligência Emocional em Hotelaria Hospitalar”

Virginia nos mostrou como o nosso comportamento e nossas atitudes diárias influenciam em nossas carreiras, isto é, atitudes que você tem como padrão em sua vida e que são refletidas diretamente em seu ambiente de trabalho e claro como transformar boas atitudes em resultados.

virginia

Uma das frases mais marcantes da palestra de Virginia foi:

A sua equipe é seu espelho !

Reforçando isso deu exemplos muito interessantes, se a equipe tem um líder “destemperado” com certeza esta equipe será refletida por este comportamento e o Stress é geral.

raquel
Palestra de Humanização – Raquel

 Raquel Regina de Souza  (Presidente da Sociedade de Hotelaria Hospitalar DF) fez a seguinte palestra:

“Hospitalidade e Humanização”

A palestra da Raquel nos emocionou muito, ela trouxe a questão da Hospitalidade e Humanização e como ela e sua equipe abordam esse tema dentro de sua Instituição.

img_4236

Ivonete Melo e Raquel Regina de Souza

Nos trouxe imagens de pequenos e outros mais elaborados eventos realizados por ela e sua equipe para trazer algum conforto e humanização para pacientes internados.

Deixou claro que Hospitalidade e Humanização não depende do porte e do Dinheiro do Hospital e que com ações das pessoas mesmo que sem muitos recursos geram muito impacto.

Um exemplo de sua palestra foi um caso no qual eles descobriram que um segurança do Hospital tocava um instrumento e ela o convidou para que ele pudesse tocar para os pacientes, sendo que ela o acompanhava cantando .

Raquel também passou o seguinte vídeo:

 Flavia Fávero (a grande anfitriã do evento)

img_4238

Antonio Carlos e Flávia

Palavras da Flavia ao final do evento:

“Devemos o êxito desse evento a diretoria, pois juntos somos mais fortes. Um sonho que se sonha junto se torna realidade. Nos organizamos, nos encontramos e definimos uma programação excelente! E isso foi o grande sucesso.

No final do evento teve sorteio de Livros e Brindes…

Agradecimentos

DSCN1947 (2)IIISCHH.jpgGostaríamos de parabenizar toda a Diretoria e Organizadores dos eventos:

pelo brilhante evento.

Local do Evento:

Foi realizado na cidade do Rio de Janeiro, no auditório da FECOMÉRCIO :Rua Marquês de Abrantes, 99. Bairro: Flamengo

Sobre SHHERJ:

hh

Durante o I Encontro de Hotelaria Hospitalar da Região Serrana, realizado em Petrópolis, Rio de Janeiro, numa conversa informal, Marcelo Boeger, Presidente da Sociedade Latino Americana de Hotelaria Hospitalar e a coordenadora do evento, Flávia Fávero, identificaram a necessidade de criação de uma entidade que representasse os interesses e atendesse as demandas dos profissionais da área no estado do Rio uma vez que muitos deles solicitavam que Marcelo viesse de São Paulo para realizar eventos científicos em cidades fluminenses.

A partir de então, foram realizadas reuniões que culminaram com a fundação da Sociedade de Hotelaria Hospitalar, numa solenidade realizada também na cidade de Petrópolis.

Fundada em 13/05/2011, a SHHERJ que tem como objetivos:

  • Reunir profissionais de todo o Estado do Rio de Janeiro que atuam em na área de Hotelaria Hospitalar, assim entendidos aqueles que desempenham atividades na área de saúde;
  • Promover o desenvolvimento científico visando o aperfeiçoamento do profissional;
  • Promover o benchmarking com outras organizações ligadas à área de Hotelaria Hospitalar;
  • Realizar cursos, reuniões científicas, conferências, congressos, seminários e eventos similares, de interesse de seus associados;
  • Defender os interesses da categoria profissional.

 Galeria de Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que é e como foi o HIMSS16 em Las Vegas

Como noticiamos em posts anteriores, estivemos em Las Vegas na companhia de outros Brasileiros no evento anual da HIMSS. Mas afinal das contas, o que é HIMSS?

IMG_20160229_110329683[1]

O que é?

HIMSS é a abreviatura de Health Information and Management Systems Society. Uma associação Internacional com o objetivo de estimular o uso da Tecnologia da Informação em Saúde.

Para se obter a certificação da HIMSS é necessário seguir o modelo EMRAM. O Electronic Medical Record Adoption Model (EMRAM) preconiza a adoção de 8 estágios progressivos para a digitalização dos serviços, sendo o  primeiro estágio 0 e  o ultimo estágio de número 7.

Em poucas palavras, o Hospital com qualificação de estágio zero (0) não possui praticamente nenhum tipo de sistema de apoio, já o estágio 7 é considerado um Hospital totalmente tecnológico com todos os processos bem definidos e sem uso de papel.

Inovação

Em Las Vegas tivemos o privilégio de conhecer muita tecnologia que apoia os Hospitais a conseguirem atingir esses estágios de Certificação da Himss, como por exemplo, o produto OnBase da empresa Hyland, representado aqui no Brasil pela empresa Innovo. Esse produto consegue de uma certa forma administrar Conteúdo, Casos e Processos em uma única plataforma deixando disponível de forma rápida e centralizada todo o conteúdo de imagens, exames, laudos, etc., independente do fabricante de cada equipamento hospitalar. Diversos Hospitais que atingiram o nível 7 da Himss se utilizam dessa plataforma. Maiores informações podem ser obtidas com Marcelo Neri da Innovo.

Conhecimento

Percebemos também que as instituições Brasileiras de Saúde precisam de um apoio e treinamento para conseguirem envolver todos os setores para atingir o objetivo, e lá conhecemos a Folks, uma empresa focada em treinamento e consultoria para Hospitais que querem se especializar em Informatica em Saúde, lideradas pelo Dr. Claudio Giulliano e pelo consultor Heitor Gottberg, ambos com vasta experiência em Saúde.

And a little fun…

E por fim, não poderíamos deixar de aproveitar a cidade com aqueles enormes casinos e belíssimos restaurantes, abaixo seguem algumas fotos.

Este slideshow necessita de JavaScript.