Nossas recentes inovações

Foto por lilartsy em Pexels.com

Aproveitamos muito bem os últimos anos e incorporamos diversas inovações em nosso portfólio. Dentre elas a adoção de novos dispositivos e tecnologias como :

  • Biometria Facial,
  • Inteligência Artificial,
  • Uso de Speakers,
  • Integração com mensagerias abertas de mercado (Whatsapp, Telegram, Google etc.)
  • utilização de Robôs,
  • Dispositivos Inteligentes de IOT,
  • Novas integrações com outros sistemas legados dos Hospitais, inclusive outras áreas como Manutenção,
  • Migração de todos sistemas para ambientes portáveis com aparelhos de mobilidade,
  • aplicação do uso de QR codes …
  • adoção de novos dispositivos móveis integrados

Nossas soluções tem o compromisso de sempre se manterem atuais, reaproveitamos a infraestrutura existente sem deixar de lado a compatibilização com novas soluções … Nossos sistemas são flexíveis e absorvem as novidades tecnológicas, pois são construídos para sempre de adaptarem …

Conseguimos incorporar com sucesso muita inovação, seguem alguns exemplos:

Biometria Facial

Incluímos a Biometria Facial como dispositivos em áreas críticas e estamos abertos a novos usos … o primeiro caso de automação com o uso desta tecnologia foi em nosso sistema de Setup do Centro Cirúrgico. Veja o vídeo seguir:

Speakers

Aplicações de automação com Speakers de mercado (Alexa, Google etc… ) e plataformas de Inteligência Artificial … São possibilidades já testadas e conectadas facilmente a todos os nossos sistemas.

No vídeo a seguir, temos uma aplicação que está publicada na plataforma da Alexa para qualquer pessoa que tenha um dispositivo Alexa possa testar. (Skill: Supervisão hospitalar)

Com o uso de Speakers poderemos proporcionar novas formas de acesso aos sistemas e também solucionar novos problemas .

Além de conexões com nossos produtos, estamos abertos a ouvir novas demandas de soluções que utilizam este recurso.

Mensageria aberta

Conseguimos a portabilidade de mensageria interna de nossos produtos, para conversar com plataformas abertas como Whatsapp, Telegram, Google etc…

A incorporação de notificações em nossas plataformas, e não mais obrigando o uso de aplicativos nossos nos smartphones e tablets …

A seguir temos uma imagem que ilustra o uso do Whatsapp em nossa solução de acionamento por Botões Inteligentes:

Na solução de acionamentos, utilizamos o Whatsapp não só para a alocação e solicitação de uma Higiene, também:

  • notificamos quando uma pessoa atendeu,
  • Mandamos em tempos e tempos, alarmes de não atendimentos ,
  • e periodicamente também podemos enviar um relatório do período …

Novos usos para o QR code

Utilizamos o QR codes em todas as nossas soluções como uma alternativa complementar.

  • Além do Checklist que já utilizava este recurso,
  • etapas do Gerenciamento de leitos,
  • Setup do Cetro Cirurgico,
  • validações de lugares e pacientes como por exemplo em nossa solução de Transporte intra hospitalar … imagem ao lado …

O uso deste recurso, também proporcionou abrirmos o leque para novas soluções como o Cardápio virtual e Gerenciamento da Nutrição Hospitalar, e principalmente nossa solução de Hospitalidade em que deixa na palma da mão do paciente um atendimento rápido e eficiente,

Inteligência Artificial

Foto por Tara Winstead em Pexels.com

Com parceiros, aplicamos Inteligencia Artificial em projetos pontuais.

Um exemplo foi após o pico da pandemia ajudamos Hospitais a identificar os pacientes mais críticos que ficaram sem assistência …

Outro exemplo foi um projeto em uma empresa prestadora de serviços em Hospitais com mais de 8000 funcionários, utilizamos o mecanismo da Inteligencia Artificial para decidir realocação dos funcionários, levando em conta diversos parâmetros, dentre eles o tempo de deslocamento diário de todos funcionários. Este projeto representou economia em benefícios, porém o mais relevante do projeto foi a diminuição drástica de absenteísmo .

Integrações com mais sistemas

Foto por Ksenia Chernaya em Pexels.com

Continuamos no trabalho de novas integrações, agora ampliamos o espectro de tipos de sistemas.

Um exemplo foi no Gerenciamento de leitos, conseguimos incluir dados de outros sistemas como os de Manutenção dos Hospitais.

Conseguimos dar maior publicidade sobre as informações dos processos de manutenção em andamento ou pendentes referente a um leito específico e melhor deixando evidente nos melhores momentos para realizar as manutenções pendentes.

Uso de IOT

Pesquisamos dezenas de novos dispositivos e acessórios, e este será um trabalho constante … deixamos todas as nossas soluções abertas a novos dispositivos e tecnologias que estão por vir … e preservamos os investimentos e energia de todos …

A primeira solução de incorporação de IOT foi com os Botões Inteligentes.

O primeiro Hospital o qual instalamos foi o Cardio Pulmonar de Salvador (Rede D’or).

Em parceria com a empresa Resolv colocamos mais de 40 Botões em diversos locais, além de banheiros e salas de esperas, ajudamos no controle das higienizações dos elevadores de acesso aos espaços destinados a Covid-19.

Temos uma publicação da Diretora da Resolv Giovanna Trovati,

Case Cardio Pulmonar/ Resolv:

figura ao lado do post citando

Como descrito na publicação da Giovanna, utilizamos a rede inteligente de IOT Brasileira na solução dos Botões Inteligentes (o qual já estamos chegando a quase 1000 devices instalados)  … 

Temos diversos cases de sucesso, segue alguns outros cases publicados:

Segue um depoimento de Ana Augusta do Site Hotelaria Hospitalar:

Novos Dispositivos estão sendo testados !!!

Acabamos de homologar um Contador de Abertura de Porta, que nos envia em tempos e tempos quantas aberturas ou antes deste tempo se chegamos a um limite pré configurado …  este dispositivo também não necessita de infraestrutura dos clientes.

Sabendo se um local é visitado ou não em um período, ou saber quantas pessoas passaram por ali, proporcionará que nossos sistemas automatize diversos processos :

  • colocar um lugar em prioridade alta se passar um limite definido de aberturas em uma fila de limpeza,
  • colocar um lugar em prioridade baixa se neste lugar tiver baixo movimento, 
  • ou até retirar da fila nos casos se ninguém entrou por exemplo,
  • se chegar em um limite de abertura, já abrir automaticamente uma solicitação avulso de higiene

Uso de Robôs em diversos ambientes hospitalares … 

Já publicamos aqui no Blog um post sobre uma palestra do Professor Marcelo Boeger:

Buscamos os uso de Robôs para liberar as equipes (de humanos) para realização das tarefas mais importantes e insubstituíveis. Liberar os profissionais de atividades rotineiras, insalubres, com riscos à sua segurança para que, os profissionais de “carne e osso” possam cuidar, atender, compreender e humanizar.

No pico da pandemia, a utilização de Robôs de telepresença foi muito importante. O Governo do Estado de SP, utilizou 3 robôs no Hospital das Clínicas para fazer a triagem de pacientes com suspeita de Covid-19 , resguardando profissionais de contaminação. Através do robo, o médico atende via telepresença e de acordo com o resultado da triagem, encaminha a pessoa até o destino correto. Lembrando que neste pico, no mercado até material de proteção individual não existia. Com o Robô conseguimos viabilizar um atendimento em massa…. Segue matéria da época no telejornal da Rede Globo.

Novos projetos saindo

Estamos trabalhando em um novo projeto de localização de pessoas e coisas com baixo custo focado no combate de infecção hospitalar …  Para esta nova solução, a utilização de dispositivos IOT e também de Inteligência Artificial será um dos destaques do projeto.

Recebemos muitas outras demandas, muita coisa conseguimos entregar somente com nossa equipe, mas a ajuda de parceiros estratégicos são fundamentais em alguns desafios… Assim conseguimos reaproveitar diversos esforços de outras empresas e integramos nas soluções …

Você tem alguma demanda ? nos envie sua sugestão

Botões Inteligente de Acionamento de Higienização – Case Grupo GPS

Os serviços de Saúde e prestadores de serviços tem um grande desafio referente às solicitações de limpezas avulsas e controle do SLA.

Os desafios abaixo são o que encontramos diariamente nos serviços e que refletem em clientes insatisfeitos e consequentemente reclamações:

Pensando nisso e na busca incessante de trazer recursos tecnológicos que atenda às necessidades e tragam maior segurança e satisfação aos nossos clientes, implantamos os botões de acionamento de higiene em um Hospital de uma grande Rede Hospitalar na cidade do Rio de Janeiro.

O fluxo de instalação é bem simples, pois não precisa dispor de wifi, antenas ou fios, o que não traz custos para o Cliente.

Basicamente seguindo os passos abaixo:

  1. Cliente/colaborador aperta o botão sempre que houve alguma necessidade de limpeza;
  2. Liderança recebe mensagem Whatsapp* e central de controle tem painel on-line;
  3. ASG ao finalizar a tarefa basta dar um duplo clique no botão para fechar o chamado.
    1. Liderança confere a finalização e acompanhamento bem como a qualidade do atendimento;
  • Elevadores 
  • Setores de exames 
  • Banheiros de áreas comuns 
  • Vestiários
  • Recepções 
  • Emergências 
  • Corredores

Este novo processo traz uma maior agilidade e rapidez nos chamados de limpeza, uma vez que a rotina de higienização é muito agitada dentro de um Serviço de Saúde.
Os botões devem ser instalados de forma estratégica, nos setores de maior fluxo e criticidade. Além disso, traz uma sinergia entre todos os setores com a equipe de higienização, uma vez que qualquer colaborador ou cliente pode acionar os botões, além que de proporcionar agilidades frente a necessidade de manutenções junto aos serviços de infraestrutura identificada pela equipe de higiene.
Além disso, temos a geração de indicadores para novos planos de ações, ganhos operacionais e melhor atuações da equipe frente as necessidades.
Importante reforçar que a implantação dos botões não exclui os cronogramas de limpezas diárias e as limpezas terminais programadas. Ele vem para complementar a agilidade e rapidez nos atendimentos de limpeza e abastecimento, bem como garantir uma maior satisfação dos usuários.
Todos os colaboradores da Higiene (Auxiliares de Limpeza e lideranças) foram devidamente treinados para termos um melhor aproveitamento e entrega dos melhores resultados com a ferramenta implantada.
Os botões podem ser implantados em várias áreas:

Alguns clientes fazem a opção de instalação em áreas administrativas, onde na falta de colaboradores ou de chamados emergenciais fazem uso dos botões.
Resumindo, este recurso tecnológico proporciona clientes mais satisfeitos e redução nas reclamações. Além disso, apresentação fácil implantação e operação e baixo custo.
Se trata de uma tecnologia de nosso parceiro Voice Tecnology, que sempre nos traz soluções para facilitar o dia a dia dos gestores e colaboradores.

Responsáveis pela Case no Grupo GPS

Angela Rodriges:

Enfermeira,

Gerente Regional de Facilities,

Responsável Técnica pelo Segmento Saúde no Grupo GPS

Mary Ângela Damião Zanin

Enfermeira,

Gerente Operacional , MBA em Gestão Operacional,

Especialização em Enfermagem do Trabalho

Autora do Case:

Como foi a Jornada de Hotelaria Hospitalar – INTO 2021

Aconteceu uma super jornada híbrida, em 03 de dezembro, no presencial com o auditório do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, teve a capacidade esgotada logo no primeiro dia de inscrição, teve a participação de grandes nomes da nossa Hotelaria em Instituições de Saúde debatendo temas importantes.

Assista a gravação da primeira parte do evento. com as palestras de Marcelo, Emanoel, Gladys e Renata.

Na palestra na abertura, o brilhante Professor Marcelo Boeger, falou sobre o tema:

A Co-Criação das Jornadas pelo Gestor de Hotelaria.

“Os Novos Desafios do Gestor de Hotelaria de Hotelaria diante da co-criação das Jornadas”

Na sequencia tivemos a participação de Emanoel Severo, que com seu entusiasmo e irreverencia animou todos os presentes. Severo palestrou sobre o tema:

“Eu me comprometo a lavar minhas mãos!!!!”

Na palestra, Severo conquistou a todos com paródias musicas, interpretação de personagens da vida comum e do cotidiano em esquetes teatrais bem curtos, e sempre com o fundo de passar sua mensagem…

Muitas das paródias que Severo cantou, estão disponíveis em seu canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCeegXJB-HSi0Ue2GLiXv1wQ

Emanual Severo é Enfermeiro Graduado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Especialista em Estomaterapia pela PUC do Paraná. MBA em Gestão em Saúde e Controle de Infecção pela Faculdade Método de SP. Responsável pela Campanha Eu Me Comprometo a Lavar Minhas Mãos. 

Gladys Antonioli (Hospital Santa Catarina),

Palestra com o tema:

“A Importância das Áreas de Apoio!”


Palestrante: Gladys Antonioli – Gerente de Apoio no Hospital Santa Catarina Paulista

 Renata Baleotti, Consultora, Palestrante, autora do livro: Descomplicando a Hotelaria Hospitalar

Trouxe uma novidade que contribuirá muito para a Hotelaria Hospitalar.

Teve uma palestra com o seguinte tema:

“Uma Novidade que contribuirá muito para Hotelaria Hospitalar!”
Palestrante:

Renata começou sua palestra enfatizando a EXPERIÊNCIA ! Baseado na busca da melhoria da Experiência do Paciente, mostrou uma ferramenta muito interessante.

Para facilitar, pacientes, acompanhantes , visitantes, passantes e até o Staff do Hospital. Poderão ter na palma da sua mão a resposta ou solução de um problema.

O uso do QR code, facilita qualquer um com um Smartphone ter acesso a Informações, solicitações de serviços, Realização de compras etc …

Renata deu vários exemplos de uso da ferramenta que está na ilustração ao lado.

O segredo da Hotelaria está aí: EM COMO eu recebo meu cliente. Renata

O cliente de saúde pode ter acesso a variados tipos de informações sobre o hospital, orientações ao cliente, Mapa do Hospital, (você pode evitar imprimir esse tipo de informação), acesso ao hospital, recados importantes, informações sobre a redondeza do hospital…

O Sistema de Hospitalidade já é utilizado em hotéis com certeza trará ótimos resultados, em hospitais, como agilidade e praticidade em solicitações de pedidos, por exemplo, além de informatizar esses processos proporcionando assim melhor controle da supervisão já que o sistema também gera relatórios.

O fornecimento de diversos tipos de informações num só lugar também é uma das vantagens. Tudo isso do próprio celular.

Basta escanear um QR Code. É Hospitalidade na palma da mão.

Proporciona solicitações como, enxoval, limpeza, manutenção, conversar com a/o nutricionista ou com algum supervisor de área.

A instituição de saúde consegue, através dele, atender as mais variadas necessidades do paciente, acompanhante e visitante.Tudo isso através do celular de cada cliente. Basta ele apontar para um QR Code.

Esse sistema é Hospitalidade na palma da mão. Ele cria uma conexão, um elo, mesmo que virtual, entre Hotelaria e cliente de saúde.

A Hotelaria pensa antes do cliente. Ela se antecipa. Ela sempre deve estar passos à frente do seu cliente. Renata

Na sequencia tivemos o seguinte painel de discussão

Segurança do Paciente: Indicadores abaixo do esperado; Política X Prática durante a pandemia; As implicações entre a Segurança do Paciente e o Controle de Infecção por conta da Pandemia

Segunda parte da gravação do evento

Moderadora: Gisele Motta Regis, – Enfermeira Graduada pela Universidade Gama Filho com especializações em Controle de Infecção Hospitalar, MBA em Hotelaria Hospitalar e Facilities pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Israelita Albert Einstein, Sócia Gestora da Empresa GR Consultoria em Saúde, Enfermeira Analista da Linha de Cuidados de Doenças Crônicas não transmissíveis da CAP 3.1


Alexandra Reis Melo , Gerente de Infraestrutura e apoio da AACD
Melissa Muller – Coordenadora de Atendimento e Hotelaria do Hospital Pro Cardíaco
Juliana Arruda de Matos – Médica Infectologista do INTO, Pesquisadora em Saúde Pública da FIOCRUZ, Doutora em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela UFRJ

Luciana

Mesa Redonda:

Lideranças Femininas em Hotelaria Hospitalar – A Experiência em Ação

Moderadora: Luciana Oliveira Freitas

Especialista em Hotelaria Hospitalar e Facilities pelo Instituto de Ensino e Pesquisa Albert Einstein e consultora na área e Coordenadora do Clube Asbac (Associação dos Servidores do banco do Brasil) – Comary em Teresópolis

o grande tema deste retorno foi tudo o que aprendemos a valorizar nesse período da pandemia. Aprendemos a valorizar mais a vida, a não viver por viver, mas sim a tomar decisões, seja continuar ou mudar. Isso faz toda a diferença seja na nossa vida pessoal ou profissional. E quando trabalhamos felizes colocamos o coração no que fazemos e tudo flui mais leve e com melhores resultados.

Luciana Oliveira Freitas

Convidadas:

Maria José Ribeiro – Presidente do Conselho da Beneficência Portuguesa de Teresópolis
Liana Dias Cavalcante – Advogada, Administradora de Empresas, Pós Graduada em Gestão de Pessoas, Pós Graduada em Hotelaria e Facilities

Palestrante: Márcia Velasco

Tema:

Como lidar com resultados inesperados? Como manter o equilíbrio emocional?

Márcia é Psicóloga clínica e hospitalar, Mestre em Psicologia Clínica pela PUC – Rio, Coordenadora e Docente dos Cursos de Pós-graduação em Psicologia Hospitalar e da Saúde Mental e Atenção Psicossocial da Universidade Veiga de Almeida, Coordenadora dos Serviços de Psicologia dos Hospitais Assim Tijuca e Méier, Membro da Comissão de Bioética Médica da OAB-RJ e da Comissão de Saúde Mental Perinatal da Secretaria de Saúde do RJ.

Nossa presença

Neste evento fomos um dos patrocinadores e demos todo apoio possível. Estávamos com uma mesa para receber os interessados em nossas soluções. no local nossos colaboradores Alex Tostes e Marcius Wada estavam a disposição.

Deixamos a disposição algumas soluções para demonstrar, em especial nosso Botão inteligente. Um recurso tecnológico que utilizado em instituições de saúde traz benefícios a todos: gestores, colaboradores e clientes. Ele não precisa nem wi-fi, nem fios e nem antenas … Tudo muito simples para o Hospital.

O Botão Inteligente proporciona rapidez nos chamados àqueles que necessitam da equipe de higienização. Basta apertar um botão.
O setor de higienização conta com a colaboração de todos em relação a limpeza e higienização da instituição, já que ele proporciona comunicação fácil e rápida. Além de gerar indicadores para novos planos de ação.
Sugestão de implantação: Elevadores, Áreas de realização de exames, Banheiros de áreas comuns, Vestiários, Recepções, Emergências …

Mesa de abertura

Antes das palestras, tivemos uma cerimônia inicial com uma Mesa de Abertura com a presença de nossa Anfitriã Bianca Farizote (INTO), Dr. Graccho Alvim Neto (AHERJ), Flávia Fávero (SMH) e o Professor Marcelo Boeger na mesa de abertura.

Repercussão nas mídias socias:

Post no Linkedin de Caroline Della Costa

Oportunidades são para serem aproveitadas, hoje dia 03/12 ficará marcado em minha memória como o primeiro evento que pude participar e representar a Unimed Volta Redonda na Jornada de Hotelaria Hospitalar.
Os desafios da Hotelaria/Hospitalidade mudaram, tivemos que nos reiventar durante a pandemia, descobrir personas e Co-criar novas jornadas entre tantos outros desafios que ainda estão por vir.

“Cocriar é arte de conectar o seu melhor com o melhor do outro”.

Aprendizado que ficará marcado na minha jornada pela hospitalidade.

Post de Roberta Santos

Hoje tivemos o grande prazer de representar a Unimed Volta Redonda na Jornada de Hotelaria Hospitalar 2021. Somos gratas por poder participar desta experiência única e repleta de aprendizado que vamos repassar e levar conosco por toda a nossa jornada…
Nós últimos anos vivemos um desafio e vimos a importância da nossa área de apoio e como somos essenciais para podermos proporcionar uma excelente experiência para nossos clientes.


Não podemos parar frente aos novos desafios é tempo de mudar, cocriar ➡️ conectar o nosso melhor com o melhor do outro. #amorpeloquefaço #hospitalidade #juc #unimedvr

Post de Renata Baleotti

Vou começar os posts sobre a Jornada da Hotelaria Hospitalar, que aconteceu no INTO, dia 03/12, falando sobre Marcelo Boeger
A sua genialidade me inspira.
Se eu não me engano, a primeira palestra dele que assisti foi em 2010. A sua inteligência e a forma de transmitir o conteúdo é fascinante!
Ele contribuiu e contribui de uma maneira gigantesca para o meu crescimento profissional.
Eu sou fã mesmo e tiro foto toda vez que o encontro!!
Muito obrigada, Marcelo!!!

Post de Angela Rodrigues

Como é bom retomar os eventos e reencontrar os colegas de trabalho….Hoje o dia está sendo de muito aprendizado e network em Jornada de Hotelaria Hospitalar no INTO.
Time GPS Hospitalar presente.
#hotelariahospitalar
#grupogps
#higienizacaohospitalar

Post de HH Cuirdar e Servir

No dia 03/12 tive a honra de realizar a palestra: “Uma novidade que contribuirá muito para a Hotelaria Hospitalar” na Jornada de Hotelaria Hospitalar que aconteceu no INTO, no Rio de Janeiro, pela SHHERJ.
No meu trabalho como consultora preciso ficar atenta às novidades do mercado e o Sistema de Hospitalidade da Voice Technology, me chamou a atenção.
O Sistema de Hospitalidade já é utilizado em hotéis e, com certeza trará ótimos resultados, em hospitais, como agilidade e praticidade em solicitações de pedidos, por exemplo, além de informatizar esses processos proporcionando assim melhor controle da supervisão já que o sistema também gera relatórios. Nesse sistema o fornecimento de diversos tipos de informações num só lugar também é uma das vantagens. 
A instituição de saúde consegue, através dele, atender as mais variadas necessidades do paciente, acompanhante e visitante. Tudo isso através do celular de cada cliente. Basta ele apontar para um QR Code. O hospital pode imprimir o Qr Code e entregá-lo no ato da internação. Com a pandemia, o uso de QRcodes aumentou muito. Atualmente hotéis e restaurantes adotaram essa tecnologia. Esse sistema é Hospitalidade na palma da mão. Ele cria uma conexão, um elo, mesmo que virtual, entre Hotelaria e cliente de saúde.

Post de Luciana Oliveira Freitas

Deixei passar o dia, pois eu realmente estava muito emocionada em apresentar essas duas pessoas. Duas guerreiras que não encontram barreiras para realizar os seus sonhos. Duas mulheres admiráveis, incansáveis, talentosas e destemidas. Flávia Flavia Favero e Maria José Ribeiro Barboza tenham a certeza que vcs são inspiração para muitas pessoas e, para mim, são muito mais, são estrelas guia, que iluminam a nossa vida. Um forte abraço às duas!!! Desejo muito sucesso, muitas alegrias, muitas vitórias e que vcs realizem todos os seus sonhos!!! Muitos beijinhos e fiquem com Deus!!!

Sobre a SHHERJ

hh

Fundada em 13/05/2011, a SHHERJ que tem como objetivos:

  • Reunir profissionais de todo o Estado do Rio de Janeiro que atuam em na área de Hotelaria Hospitalar, assim entendidos aqueles que desempenham atividades na área de saúde;
  • Promover o desenvolvimento científico visando o aperfeiçoamento do profissional;
  • Promover o benchmarking com outras organizações ligadas à área de Hotelaria Hospitalar;
  • Realizar cursos, reuniões científicas, conferências, congressos, seminários e eventos similares, de interesse de seus associados;
  • Defender os interesses da categoria profissional.

http://www.sociedadedehotelariaherj.com.br

O Gerenciamento de Leitos, salva vidas !

artigo de Renata Baleotti

Dentro de um hospital muita coisa pode mudar de uma hora para a outra. Nem tudo é previsível.

Leito parado é sinômino de custo.

A falta de leitos pode, por exemplo, cancelar cirurgias eletivas, o que prejudica o paciente e a instituição.

O eficaz gerenciamento de leitos é extremamente necessário não traz somente benefícios para a instituição. Ele salva vidas!

A Hotelaria tem um papel fundamental junto com a assistência nesse processo. Quando uma instituição tem um Departamento de Hotelaria, com gestor responsável pelos vários setores de apoio, estes passam a ser integrados e, consequentemente, a comunicação e tomadas de decisão se tornam mais rápidas e eficientes.

O uso da tecnologia no gerenciamento de leitos é um grande aliado. A Voice Technology possui uma solução de apoio às áreas de Internação, Hotelaria e Governança Hospitalar, permitindo visão global dos processos de limpeza e agiliza a liberação de leitos. 

Sobre Renata

Renata é especialista em Hotelaria Hospitalar,

Interessada em Humanização hospitalar, realizou trabalhos em Hospitais públicos e privados.

Formada em Hotelaria e Turismo na UNAERP.

Trabalhou em grandes Hospitais como a Santa Casa de Sertãozinho e o Hospital CopaD’or (Rio de Janeiro).

Autora do Livro “Descomplicando a Hotelaria Hositalar”

Acredito que seja interessante para inspirar gestores. Mostrar que a humanização dentro de hospitais é possível. E que não precisa de grandes investimentos. Pra Humanizar, basta SER humano.

Renata Baleotti

Outros artigos de Renata:

Primeiro Hospital de Curitiba inicia Gerenciamento de Leitos com Voice

No Hospital São Vicente em Curitiba, o Grupo Morhena iniciou sua operação de terceirização de limpeza e dentro de seu pacote de serviços entregou o Sistema de Gerenciamento de leitos da Voice.

O Voice neste projeto está integrado com o Sistema MV e com a plataforma da Avaya.

Consultora de Hotelaria Hospitalar

O Voice atua beneficamente na Higienização Hospitalar e no Gerenciamento de Leitos. É fundamental para dar transparência de informações e na gestão de pessoas e processos,

A implantação foi liderada pela consultora em Hotelaria Hospitalar Ana Augusta Blumer Salotti , que neste projeto foi contratada pelo Grupo Morhena para toda implantação de seu serviço terceirizado na área de Hotelaria e garantia de que as melhores práticas estão sendo aplicadas.

Segundo Ana Augusta :

“O Sistema VOICE nos ajuda a controlar, gerir e melhorar o processo como um todo, tanto por meio das informações geradas em tempo real, quanto por meio de uma espécie de fiscalização do desempenho de cada pessoa e cada área envolvida no processo. Dessa forma temos subsídios para alcançar melhores resultados como consequência.”

No vídeo a seguir, temos um depoimento da Consultora Ana onde ela interage em suas redes sociais durante a implantação:

Um destaque deste projeto é que além do Gerenciamento de leitos, implantamos o controle da programação das Higiene terminal de diversas outras áreas do Hospital. Em uma tela dá para ver tudo que está planejado, realizado e se atrasar alarmado …

A seguir algumas telas,

  • uma onde é realizada a programação direta no Voice,
  • outra tela onde toda as programações são visualizadas no calendário ,
  • e outra do Dashboard de gerenciamento on line…

Temos o compromisso do Grupo Morhena e da Ana Augusta, aproveitar esta implantação e publicar em breve um artigo detalhando os ganhos operacionais que o Voice está proporcionando ao Hospital São Vicente.

Devido a Pandemia fizemos a capacitação remota dos colaboradores com o apoio de material visual como vídeos e aulas on line. Durante a ativação, respeitando os protocolos de segurança reforçamos o uso do sistema para as equipes internas na semana passada. A seguir algumas fotos onde temos o Sócio da Voice Marcius Wada e a consultora Ana Augusta.

Sobre o Hospital São Vicente-Funef

Fundado em 1939, o Hospital São Vicente tem ampla atuação no transplante de fígado e rim, e nas áreas de Oncologia e Cirurgia. De alta complexidade, atende diversas especialidades clínicas e cirúrgicas, sempre com foco na qualidade e no tratamento humanizado. Desde 2002, a instituição é gerida pela Fundação de Estudos das Doenças do Fígado Koutoulas Ribeiro (FUNEF).

Sua estrutura conta com Pronto Atendimento, Centro Médico, Centro Cirúrgico, Exames, UTI, Unidades de Internação e Centro de Especialidades. O programa de Residência Médica credenciado pelo MEC nas especialidades de Cirurgia Geral, Cirurgia Digestiva, Cancerologia Cirúrgica e Radiologia.

Mais informações: 

Hospital São Vicente – Funef Rua Vicente Machado, 401 – Centro – Curitiba/PR – (41) 3111-3000

Sobre o Grupo Morena

O Grupo Morhena atua nos setores de limpeza, coleta e logística.

Trabalha com a terceirização de multi serviços; com coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos sólidos; engenharia, logística ambiental e locação de máquinas e equipamentos para limpeza predial e urbana.

Fundado em 1979, o grupo possui em seu quadro de profissionais cerca de 3.000 colaboradores, atuando em mais de 260 municípios espalhados em todo Brasil.

Uma trajetória em contínuo desenvolvimento, alinhada com o compromisso com a qualidade, a transparência, com o respeito ao meio ambiente, com a saúde e segurança dos seus colaboradores e comunidade.

Curso de Gerenciamento de Leitos do Professor Marcelo Boeger em Salvador

img-20190808-wa00428211084568588249682.jpg

Acontecerá em Salvador (BA) , nos dias 25 e 26 de outubro, no Sotero Hotel o Curso de Gerenciamento de leitos com o Professor Marcelo Boeger.

O curso é organizado pela empresa Crescer de Salvador.

Inscrições: https://www.sympla.com.br/curso-de-gerenciamento-de-leitos__592147

Outras informações:  71 9 9699-8837  – Virginia Di Tullio – contato@crescerba.com.br

DESCRIÇÃO DO CURSO

Este curso visa oferecer as ferramentas necessárias que um hospital deve ter para gerenciar seus leitos da melhor maneira possível.

  • Otimizando a disponibilidade;
  • maximizando a ocupação dos leitos;
  • reduzindo o tempo de espera do paciente, agendamento cirúrgico, transferência interna de pacientes, manutenção;
  • aumentando o custo-benefício do hospital;
  • e aumentando o faturamento porque reduz os custos com capacidade ociosa de pessoal, infraestrutura, e desperdiço de tempo.

PÚBLICO ALVO 

Administradores hospitalares, Gestores da hotelaria hospitalar, Enfermeiros, Médicos e outros profissionais da área da saúde que desejam adquirir conhecimentos nessa área.

CONTEÚDO 

Bases para Implantação de Gerenciamento de Leitos:

– Conceito, Cenário, Raciocínio Sistêmico, Importância da Arquitetura Hospitalar para o Gerenciamento de Leitos, Premissas dos Ambientes de Serviços.

Problemas que Interferem no Gerenciamento de Leitos.

  • Gargalos no Gerenciamento de Leitos, Alertas de Altas, Serviços que influenciam a Falta de Leitos.
  • Ciclo de Serviços – Fluxo de Serviços no Gerenciamento de Leitos.

Outros Setores demandantes de Volume de Pacientes.

  • Pronto Socorro, SADT,
  • Centro Cirúrgico,
  • Hospedagem,
  • Alta,
  • Desospitalização de Pacientes Crônicos.

Principais Indicadores da Hotelaria Hospitalar.

– Indicadores de funcionamento do hospital, Indicadores por dia e tipo de paciente, Indicadores de Set Up, Indicadores de higiene, Indicadores de controle de infecção hospitalar.
Variabilidade da Demanda e seu Impacto nos Resultados.
– Implantação do Setor de Gerenciamento de Leitos, Prevenindo Atrasos, Pontos Críticos, Conhecendo e Reduzindo a Variabilidade.

METODOLOGIA

Aula expositiva dialogada, multimídia, interação aluno-professor, oficina com exercícios em sala de aula com estudos de casos e uso intensivo de recursos audiovisuais. Bons Estudos!

OBJETIVOS:

– Maximizar qualidade para o paciente e seus familiares,
– Reduzir o tempo de espera,
– Promover maior segurança assistencial,
– Gerar maior conforto a pacientes e familiares,
– Reduzir custos para Instituição,
– Reduzir transferências desnecessárias,
– Ajustar dimensionamento das equipes,
– Planejar adequadamente as atividades,
– Favorecer o fluxo da assistência,
– Determinar o paciente certo no leito necessário às suas condições em uma permanência adequada (a menor necessária para o diagnóstico e terapêutica).

Sobre o PROFESSOR: MARCELO BOEGER

imagem_release_1700843boeger* Presidente da Sociedade Latino-americana de Hotelaria Hospitalar.
* Diretor da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hospitalar.
* Coordenador e professor MBA em Hotelaria Hospitalar do Centro de        Educação em Saúde Abram Szajman do Hospital Albert Einstein.
* Mestre em Planejamento Ambiental pela Unibero.
* Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi.
* Consultor na área de Hotelaria Hospitalar e Gerenciamento de Leitos para hospitais.

Livros Publicados:
* Liderança em 5 Atos, Editora Yendis, 2014, 2ª edição (coautor).
* Hotelaria Hospitalar, Gestão em Hospitalidade e Humanização, 2ª edição Ed. Senac, 2012 (autor).
* Manual de Especialização em Hotelaria Hospitalar do Hospital Albert Einstein, Ed. Manole, 2011 (organizador).

Sobre a Crescer

logo-crescer A Crescer é especializada em Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas, a CRESCER acredita, incentiva e pratica a capacitação constante. E através de um conceito moderno, a CRESCER integra empresas e seus principais diferenciais competitivos: os colaboradores.

A frente da Crescer, está a executiva Ana Virginia Gomes Di Tullio

virginiadtulio

Virginia Di Tulio

Empreendedora e Intra empreendedora com elevada experiência, bom relacionamento, versátil, comunicação eficaz e transparente, disponível para apoiar pessoas e construir ambientes de trabalho positivos. Mais de 20 anos de experiência em algumas empresas da área de saúde, atuando em projetos importantes e exercendo papéis na área estratégica, comercial e operacional, com visão sistêmica e de busca constante na melhoria continua de processos de trabalhos com foco nos resultados da organização. Em paralelo, por cerca de 15 anos, tem ensinado em várias instituições de ensino nos cursos de graduação e pós graduação, além de inúmeras palestras em âmbito estadual e nacional. Atualmente desenvolve Treinamentos e Capacitações na Empresa Crescer .

 

Sistema de saúde & Hotelaria Hospitalar

Screenshot from 2019-07-01 10-02-40O sistema de saúde é definido como um sistema complexo, sendo dinâmico, não existe um único ponto de controle, os comportamentos são imprevisíveis e incontroláveis, e as necessidades das partes não são homogêneas.

Segundo Marcel Proust, as verdadeiras descobertas não consistem em visualizar novas terras, mas em ver com novos olhos. Partindo deste pensamento podemos falar de Hotelaria dentro dos hospitais, o que é muito mais além do que estrutura. A Hotelaria Hospitalar consiste em Serviços aos clientes, Humanização no atendimento, Departamentalização, Gerenciamento e Hospitalidade.

Se sabemos que o sistema de saúde é complexo, teremos que ter processos bem definidos nas unidades hospitalares para poder gerir toda a estrutura, já pensou que a Hotelaria pode ser o caminho?

Para falar de Serviços ao Cliente, precisamos entender quem são eles. Para a Hotelaria o paciente não é mais denominado desta forma, este hoje é cliente de saúde, o qual tem expectativas além do atendimento a saúde. Atendemos além deste cliente os seus familiares e visitas, os quais buscam mais conforto nas unidades e distração.

Segundo Fadi Taraboulsi entendemos por cliente de saúde é toda e qualquer pessoa que entra em contato com o hospital para adquirir serviço médico-hospitalar, ou simplesmente solicitar uma informação. Tendo esta visão de cliente podemos desenvolver produtos e serviços para deixá-los mais confortáveis no ambiente, o qual não escolherem estar.

Vimos que nesse sistema a necessidade das partes não são homogêneas, e a grande conquista da Hotelaria é a Humanização, a qual é a grande descoberta da tecnologia moderna. A Hotelaria traz em seu seio a humanização das pessoas e do seu ambiente hospitalar, ela deve ser a mão amiga que se estende para romper com os paradigmas.

A Departamentalização na hotelaria, trata-se de dividir os seus setores: Recepção e Hospedagem, A & B (Alimentos e bebidas), Governança (higienização e arrumação dos quartos), Lavanderia, Coleta de Resíduos, Lazer e bem estar; entre outros que podem ser adaptados conforme a unidade.

O Gerenciamento das atividades operacionais ficam por conta da Hotelaria, onde tem a responsabilidade de entender os fluxos de atendimento, criar fluxogramas, supervisionar e criar melhorias nos processos.

A Hospitalidade esta se tornando parâmetro para a mensuração da qualidade de produtos e serviços, para recuperar a prática da cortesia e acolhimento. Nas unidades hospitalares além da cura o que nosso cliente de saúde mais busca é o acolhimento, no momento de enfermidade. Assim a hospitalidade está presente na Hotelaria auxiliando no ato de receber. Hospitalidade implica Humanização e valorização das relações interpessoais nas organizações.

Abraçar a Hotelaria pode representar a sobrevivência da instituição de saúde, não causa pânico e nem medo, requer somente uma percepção para transformar os comportamentos em condutas, e as atividades em processos. Vamos adquirir o pensamento de Proust e ter novos olhares para as nossas instituições.

 

Sobre Lediana

ledianaLediana Pais é propietária da L Pais Consultoria.

L Pais Consultoria é especialista na área da saúde, dedicada ao mapeamento de processos internos, capaz de identificar oportunidades para promover melhoria continua. Com a aplicação de técnicas e metodologia de gestão para Excelência Operacional e Hotelaria Hospitalar, está no mercado para reduzir desperdícios nos processos internos da sua estrutura.

Lediana é Formada em Hotelaria pela Castelli Escola Superior de Hotelaria, pós-graduada em Administração Executiva pela FGV, especialização em Hotelaria Hospitalar pelo Albert Einstein Faculdade Israelita de Ciências da Saúde, curso Sistema Brasileiro para Avaliadores pela ONA, pós-graduada em Excelência Operacional na Área da Saúde pelo Albert Einstein Faculdade Israelita de Ciências da Saúde, e Green Belt  em utilização da metodologia Lean Six Sigma.

Nós, hoteleiros hospitalares, somos responsáveis por processos desde o agendamento cirúrgico até a alta do cliente. Lediana Pais

 

351f4e90

Importância do Gerenciamento de leitos Voice para Hospitais usuários MV

É recorrente a pergunta sobre integração com MV !

Este post foi feito especialmente para ilustrar como nosso Gerenciamento de leitos agrega aos Hospitais usuários do Sistema MV.

Vital para alcançar a eficácia nas internações, o gerenciamento de leitos é um processo chave de um hospital, promove a utilização dos leitos disponíveis em sua capacidade máxima.

Incorporar uma metodologia de gerenciamento de leitos hospitalares eficaz vem se tornando fundamental. Investir em processos e ferramentas para agilizar o processo de internação é algo essencial para maximizar resultados.

Criar e acompanhar indicadores de desempenho são atividades fundamentais para uma gestão eficiente na Saúde. Métricas garantem que os resultados traçados no planejamento estratégico sejam alcançados. Permite à organização agir em tempo real diante dos desafios.

Mesmo com um software excelente de Gestão Hospitalar, ainda há lacunas manuais as quais não são cobertas. Nosso sistema é complementar, e consegue cobrir estas lacunas no gerenciamento de leitos. Temos diversos casos de sucesso nos quais transformamos a produtividade de Hospitais os quais já eram usuários do Sistema MV.

temposgirodeleitoanoanoA implantação do Sistema MV já gera alguns benefícios à Gestão de leitos, um de nossos clientes registrou a evolução ano a ano dos indicadores de giro de leito e fica explícito o impacto que cada sistema.

Estes dados são muito esclarecedores e servem como referência para os Gestores. No artigo O que mudou com a utilização do Voice, temos mais detalhes deste caso.

Alguns Hospitais que são referência no mercado brasileiro possuem o gerenciamento de leitos da Voice integrado com o MV, dentre eles destacamos alguns:

  • Hospital 9 de Julho,
  • Congregação Santa Catarina (Hospital Santa Catarina, Casa de Saúde São José, Santa Tereza etc.)
  • Hospital Anchieta,
  • Unimed Volta Redonda,
  • Hospital Moinhos de Vento,
  • Hospitais São Camilo (Pompéia, Santana e Ipiranga)
  • Unimed Fortaleza,

Moinhos de Vento

moinhos no congresso de hotelaria

O Hospital Moinhos de Vento já participou de alguns congressos e simpósios onde apresentou seus resultados com o Voice:

O Moinhos também foi destaque do Site Hotelaria Hospitalar.

Hospital Anchieta (DF)

O Hospital Anchieta também já era usuário do Sistema MV, e depois da implantação do Voice teve ganhos muito expressivos.

No vídeo a seguir temos um trecho da entrevista de Izabela Moreira ao Site Hotelaria Hospitalar onde deixou claro que com o Voice:

  • conseguiu maior eficiência nos processos,
  • com a metodologia do sistema possibilitou engajar toda a equipe,
  • teve a melhoria no tempo de giro de leito, eliminando em média 4 horas que o leito ficava aguardando inicio de limpeza,
  • aumento da eficácia e melhoria do giro do leito,
  • possibilitou incutir a liberação de leito mais ágil,

Link da entrevista na integra

Este Hospital já apresentou seus resultados em Congressos e Simpósios. Na III Jornada de Hotelaria Hospitalar do DF e GO , Izabela demonstrou o Case em Gerenciamento de leitos e destacou o uso da tecnologia. Mostrou como se beneficiou da integração entre Voice e MV.  Mostrou vários painéis vivos de acompanhamento que proporcionam o controle em tempo real.

No final de sua palestra, Izabela demonstrou os ganhos no giro do leito que teve com a implantação do Voice:IMG_8323.JPG

  • Tempo de espera:
    • de 4 hs 46m 20s
    • para 1h 27m 25s
  • Tempo de deslocamento
    • de 7m 55s
    • para 8m 14s
  • Tempo de Higiene
    • de 1h 0m 47s
    • para 52m 26s
  • Tempo de supervisão
    • de 36m 29m
    • para 16m 54s
  • Tempo total:
    • de 6hs 31m 35s
    • para 1h 54m 02s

Hospital Unimed Volta Redonda

O Hospital Unimed Volta Redonda é um exemplo de Hospital que sempre investe em tecnologia . Uma evidência disto é por ele ser um dos primeiros Hospitais com qualificação de Hospital Digital na América Latina, tendo o Himss ERAM 7 (nível máximo). Temos nosso sistema desde a criação do Hospital e ele foi o sistema de integração oficial com a MV.

A Unimed é um bom exemplo em que nosso sistema dá indicadores adicionais a operação. Recentemente o Hospital refez seu processo de terceirização de limpeza e aproveitou os indicadores on line de nosso sistema para colocar estes como SLA no contrato.

Na tela a seguir, o indicador de Porcentagem de execução das limpezas concorrentes realizadas antes do meio dia.

Porcentagem de limpezas concorrentes realizadas

Os relatórios agregam valores aos nossos processos pois direcionam nossas estratégias. Foi um ganho para o setor e para geração de resultados. Hoje, deixamos de atuar diante de percepções e monitoramos de fato cada etapa do processo.

Jéssyca Moreira

Líder de Hospitalidade da Unimed Volta Redonda

Dentre os diversos controles que se transformam em gerenciamento do resultado do terceiro, temos o relatório a seguir que demonstra quantas Limpezas terminais foram realizadas na meta e quantas não.

telanameta

Outra ação que nosso sistema proporcionou, foi ter on line a produção de cada trabalhador. Os melhores são premiados ! No mês passado as 3 que melhor desempenharam na limpeza concorrente e as que melhor desempenharam na limpeza terminal foram premiadas com um dia de Beleza.

Veja um exemplo deste relatório:

relatorioconcorrentesranking

 

 

Hospital 9 de julho

O pioneiro com uso de nosso sistema integrado ao MV,  este é um dos Hospitais que estão mais avançados no controle de seus processos. Ao entrar na sala de Hotelaria chama atenção que todos acompanham o Voice, o engajamento envolve todos e é impressionante como até os funcionários da prestadora de serviço são envolvidos.

No Hospital 9 de Julho, o processo de Gestão de leitos cresceu e hoje somos o sistema mandatório de manutenção. Os acionamentos são realizados pelo Voice.

Hospitais da Congregação Santa Catarina

Hospital Santa Catarina

Atualmente abrange 5 Hospitais da Congregação:

  • Santa Catarina (SP),
  • Casa São José Humaita (RJ),
  • Santa Teresa de Petrópolis,
  • Nossa Senhora da Conceição em Três Rios e
  • São José de Teresópolis,

Inicialmente instalamos no Hospital Santa Catarina e depois de um tempo em produção, o corporativo da rede decidiu que nosso produto deverá ser padrão em todos os 16 Hospitais. Gradativamente estamos implantando um a um.

tranformacaosantacatarinaUm fato relevante foi que a partir da primeira instalação, todas as outras foram acontecendo em conjunto do projeto Transformação, e o Voice é implantado junto com o Soul MV.

“Quando a gente começa a se apoiar em tecnologia, os saltos passam a ser exponenciais e a gente não está acostumado com isso na Saúde”,

comenta Vinícius Oliveira,

diretor corporativo de Operações da Associação Congregação de Santa Catarina

Nosso Gerenciamento de leitos é a ferramenta padrão que equipará todos os Hospitais da Congregação. E isso por proporcionar controles e gerenciamento dos processos de liberação de leito inexistentes nos Sistemas de Gestão Hospitalares.

 

Fontes:

Engajamento dos profissionais ajudam no giro de leitos

Nossa tecnologia está ajudando o Hospital Monte Sinai a engajar diversos profissionais no Giro de Leito. Desde Executivos, Médicos, Enfermeiros até a lavanderia…

O Hospital Monte Sinai (Juiz de Fora), já é usuário de nossa solução de gerenciamento de leitos há mais de 2 anos,

Após os primeiros ganhos operacionais que nosso sistema proporcionou, os profissionais de Hotelaria focaram em oportunidades que envolviam e engajavam outras áreas na melhoria do Giro do leito.

Segundo Saulo Moura, Supervisor de Hotelaria do Hospital, para poder ter este foco foi realizado a contratação de um profissional focado na melhoria dos processos. Com a chegada de Mila Vaccarini foi possível explorar as informações dos relatórios, visualizações e painéis on line.

milavaccariniJá estávamos com o trabalho do pessoal da Higiene e limpeza e camareiras com excelente desempenho, mas precisávamos evoluir em alguns gargalos que envolviam outros profissionais, e alguns destes nem sabiam o impacto que tinham no giro do leito.

Com o engajamento destes outros profissionais o trabalho da higiene e limpeza e camareiras teve uma maior exposição e um excelente resultado no Giro do leito.

Mila Vaccarini – Analista de Hotelaria

Assim as oportunidades e gargalos foram sendo explorados uma a uma.

saulomouraO segredo do sucesso é envolver todos os personagens que compõem o giro do leito…

médicos, enfermeiros, internação, camareiras e profissionais de higiene e limpeza…

Saulo Moura – Supervisor de Hotelaria

Os primeiros profissionais incluídos neste engajamento foram da Enfermagem. O enfermeiro no momento que retira o paciente, dentro do próprio quarto pega o telefone e registra saída real do paciente. Assim o leito já entra na fila da limpeza terminal e os enfermeiros ganham um tempo extra para poder realizar os registros no sistema hospitalar, no caso deles o Totvs.

O engajamento da enfermagem é um dos fatores de maior impacto. Eles visualizam os leitos em alta médica e tem como meta agilizar a saída dos pacientes. Isso deu um dinamismo na rotatividade e giro dos leitos.  Em todos os andares do Hospital há TVs com o painel do giro de leito.

Fica registrado e público para todos ! É público para todos os envolvidos desde a hora em que os Médicos já deram alta hospitalar e todos se enxergam no processo e em conhecem todas as fases.

img_20190206_122500

Os executivos do Hospital (Diretores e Gerentes) em suas salas, tem acompanhamento on line do giro de leito.

Na foto ao lado temos um exemplo de como estes executivos acompanham:

  • todo o andamento do giro de leito,
  • as limpezas terminais,
  • as limpezas concorrentes
  • e também do Dashboard de ocupação on line do Hospital.

Foi identificado que em alguns momentos, o gargalo no giro do leito era no momento da montagem do enxoval.

img_20190206_123239

As camareiras subiam com um carrinho abastecido com os kits e quando estes acabavam tinham que se deslocar até a lavanderia para abastecer de novos kits.

Por motivos de controle o Hospital não optou por ter estoques satélites ou intermediários e optou por colocar um monitor do fluxo do giro de leito dentro da lavanderia (foto ao lado).

Assim o próprio pessoal da lavanderia acompanha on line o trabalho das Camareiras e quando elas vão chegando no limite de abastecimento eles mesmos sobem com um novo carrinho abastecido. Esse engajamento eliminou tempo precioso no giro de leito e deu ao Hospital um ganho muito expressivo.

Abaixo segue algumas fotos da lavanderia e a tela de acompanhamento on line.

 

Os novos ganhos em números

Segundo Saulo, o trabalho da hotelaria está proporcionando reduções de custo e uma melhor eficiência.

Neste período o Hospital está em um processo de reforma e modernização das instalações. Antes do início das reformas, o Hospital estava com 160 apartamentos em operação, e eles não estavam conseguindo atender toda a demanda .

Após as ações de engajamento e aproveitamento das oportunidades, e com apenas 117 apartamentos operacionais, o Hospital está com uma eficiência muito maior. Mesmo com a redução dos leitos, foi mantido a média de cirurgias e o número total de internações aumentou (principalmente nas emergências).

A taxa de ocupação está entre 85 e 95% durante a semana com picos de 100% ao longo do dia

Saulo Moura – Supervisor de Hotelaria

Melhorias no Hospital não param !

Todo este trabalho foi realizado durante a entrega de novos recursos e instalações . Foi inaugurada a nova maternidade.

O Segundo e terceiro andares estão em reforma, estes somam 44 leitos e o ganho do giro de leito está garantindo ao Hospital a mesma capacidade de atendimento.

Sobre o Hospital:

logoprincipalmontesinai

Referência para 150 municípios inclusive de outros estados, hoje, o Monte Sinai é um hospital moderno. Conceito máximo em estrutura física. Pioneiro em recursos avançados na área de diagnóstico e procedimentos médico-hospitalares.

A estrutura arquitetônica tem características marcantes. As áreas destinadas aos serviços de assistência à saúde e de apoio diagnóstico e terapia, atendem totalmente às normas técnicas para projetos de estabelecimentos de saúde. O prédio que abriga o setor de internação, dispõe de área de circulação exclusiva para visitantes, interligando todos os andares. Além de conforto aos visitantes, o modelo mantém privacidade para o trabalho de médicos e funcionários, que circulam por área de serviço exclusiva, minimizando riscos de infecção e agilizando o atendimento.

São 300 leitos, entre apartamentos, suítes e alojamentos conjuntos para atendimento a planos de enfermaria individualizados. Unidades de Terapia Intensiva Adulto e NeoNatal e Unidade Coronariana somando 53 leitos, o Hospital ainda conta com Emergência, com plantão nas especialidades de Clínica Médica, Ortopedia/Traumatologia, Pediatria e Cardiologia.

ACESSOS AO HOSPITAL

Pacientes e visitantes do atendimento eletivo passaram a ter acesso ao Hospital Monte Sinai pelo Lobby da portaria localizada na Avenida Presidente Itamar Franco (antiga Av. Independência).

O Lobby comporta o Sinai Conforto, o setor de admissão e check out. Uma cafeteria também compõe o espaço.

Quer saber mais do Hospital ? Veja o vídeo institucional deles:

Fontes: