Case de “reset” de senha

enternessImplantamos em parceria com a Quality (antiga Premier IT) e nosso representante EnterNess mais uma aplicação de URA de “Reset de senha”.

Nosso Tangram está sendo utilizado para executar o Reset de senha do sistema SAP do cliente final da Quality ( JSL ). Todas as chamadas do Service Desk da JSL, são atendidas pela URA, e o usuário no menu da URA tem a opção de reinicializar sua senha ( vulgo Reset de Senha ) .

A integração com SAP foi realizado através do Webservice do próprio SAP. A equipe da EnterNess teve papel decisivo nesta integração, ajudou o cliente final no levantamento das especificações de seu Webservice .

Aqui no Blog já registramos outros casos de Reset de senha com URA, leia o post Qual impacto das senhas para sua empresa ?

 

 

Sobre a Quality:

small-logoquality

A Quality S.A. é especializada em suporte de TI, Negócios e Auditoria, sendo destaque em crescimento e rentabilidade desde sua fundação, há mais de 28 anos, tendo como clientes empresas líderes em seus segmentos de atuação.

Focada em terceirização de serviços, a Quality S.A. possui uma plataforma inteligente de suporte de TI e Negócios e outra plataforma para Auditoria, Risco e Compliance.

A Quality S.A. usa toda essa tecnologia para entregar com Pessoas e Processos o melhor Serviço Gerenciado de Suporte e Auditoria, através de projetos nas suas 4 Torres de oferta, que são: ITO, BTO, AMS, GRC e Digital.

Os objetivos da empresa de crescimento orgânico e por aquisições tornam a Quality S.A. um dos principais player do setor de serviços de TI.

Sobre a EnterNess:

enterness

ENTERNESS NOVIDADE EMPRESARIAL há mais de 15 anos no mercado, entrega soluções de TI, agregando a partir de agora em seu portfólio o Know How em gestão da empresa CBS TECNOLOGIA.

A Enterness em parceria com a Voice Technology oferecem recursos especialmente desenvolvidos para hospitais e clínicas que auxiliam na melhoria dos processos internos, produtividade da equipe e atendimento aos pacientes.

Produtividade, excelência em serviços e redução de custos para as organizações é a proposta da Enterness ao mercado. Com o objetivo é desenvolver soluções inovadoras para melhorar os processos e resultados dos nossos clientes.

Telefone: 41 3524-3448

Endereço: Rua Brasílio Itiberê, 3705 – Sobre Loja – Bairro Água Verde – CEP 80240-060 – Curitiba – PR

Mensagem direta para EnterNess

 

Evento da SBHH em São Paulo

  • 09/04/2019 das 9h às 12h
  • AACD – Associação de Assistência a Criança Deficiente, Avenida Ascendino Reis, 724, São Paulo.

Temos o prazer de convidar a todos os nossos associados e também nossos seguidores nas redes sociais a participar do nosso Café com Conteúdo, encontro promovido pela da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hospitalar.

Neste encontro temos como objetivo de promover discussão de Cases, Projetos, troca de experiências, novas tecnologias entre outros.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Estacionamento no local: R$ 15,00

Locais próximos para o Almoço: 

Restaurante da Sodexo – no local do evento

Restaurante Prazeres da Carne

Restaurante Liló

Lanchonete Subway

NÃO SERÁ FORNECIDO CERTIFICADO.

Investimento: Gratuito

Marcelo Boeger explica a Síndrome de Boreout nas instituições de saúde

Por Marcelo Boeger* (repost da matéria da Revista InfraConteúdo publicado em 25 de março de 2019

As instituições hospitalares já conhecem os resultados da Síndrome de Burnout, na eficiência e na falta de humanização dos serviços, principalmente entre as equipes assistenciais. Ela caracteriza-se pela exaustão emocional, despersonalização e esgotamento gerado por forte estresse causado pela natureza do próprio trabalho que desempenha associado às condições em que suas atividades se desenvolvem.

 

O que poucos falam é sobre uma outra síndrome, que acomete as instituições de forma invisível e onerosa, a chamada “Síndrome de Boreout”, em que o colaborador não se identifica com aquilo que faz, atua mal e vagarosamente, apresentando resultados de baixo desempenho, usando seu tempo para assuntos pessoais – de forma discreta para garantir seu status quo, não ser identificado e manter a estabilidade de seu emprego, embora deteste as tarefas a serem desempenhadas -, quando possível, se escondendo atrás de reuniões intermináveis, comissões que o mantem longe de suas atividades originais e prefere atuar dentro das tarefas desenhadas sem metas e sem resultados claros ou mensuráveis.

O Boreout, pode ser caracterizado pelo sentimento de subutilização do colaborador, sua indiferença em relação aos resultados corporativos e enorme aborrecimento ao executar as tarefas de sua responsabilidade. As consequências são sempre sérias para a empresa. Pode afetar toda sua equipe de trabalho e até o cliente, devido à baixa produtividade, chegando em alguns casos mais extremos à sabotagem aos processos, atenção seletiva, absenteísmo e desumanização.

Alguns sintomas são clássicos: desânimo, depressão, ansiedade, tendências de isolamento, sensação de esgotamento físico e emocional, sabotagem ao processo, sofrimento e ansiedade diária antes de ir ao trabalho. A euforia em esperar diariamente o horário de fim da jornada e a escolha em não ser lembrado por sua liderança para realização de suas atividades, uma preguiça constante e a fuga de suas responsabilidades são facilmente identificáveis a um olhar mais atento.

Para reconhecer os sintomas e criar atividades mais desafiadoras e motivadoras, a liderança necessita mapear seus processos e criar parâmetros de mensuração de desempenho para que possa identificar baixa produtividade, problemas no ambiente de trabalho e tomar providências junto as suas equipes. São eles:

 Reconhecer o clima existente entre todos e monitorar o desempenho individual de cada colaborador.

 Criar um canal de comunicação entre os colaboradores e seus gestores ou mesmo com a área de Recursos Humanos (RH) pode ser um bom instrumento de captação e obtenção de informações sobre o clima organizacional. O RH pode, sem dúvida, ajudar na instrumentalização deste desempenho, mas este ainda é de responsabilidade da liderança imediata, que está junto, diariamente, de sua equipe e atua de forma direta.

 Sensibilizar essas lideranças para os sintomas, suas causas e consequências pode ser útil para os resultados.

 Ajudá-los a ter uma leitura do ambiente de trabalho, por meio de indicadores comportamentais pode ajudar a reconhecer estes problemas mais rapidamente para tomar providências, antes que sejam irreversíveis e se incorpore na cultura de toda uma equipe de trabalho.

Sentimento de baixo reconhecimento ou de não pertencimento são emblemáticos e um combustível excelente para que a Boreout exista. Quando a Boreout afeta profissionais de contato direto com o cliente, cuja atividade exige maior dedicação emocional e abnegação, normalmente os resultados são sentidos na avaliação do próprio cliente. Na área de Saúde, pode ser visto como aspectos de desumanização, baixo interesse nas atividades, morosidade na realização das tarefas e procrastinação.

A Boreout é resultado de um distanciamento do colaborador com o trabalho, por não ver mais sentido naquela ocupação, ou as vezes, pode acontecer por se sentir superqualificado para aquelas tarefas ou por não se identificar com aquilo que a empresa desenvolve ou produz – em suas metas e visões corporativas. Pode também se sentir pouco valorizado pelo baixo salário que recebe, quando comparado com o potencial que imagina ter, frustrando-se por ter que se submeter a atividades tão pouco desafiadoras.

 

Marcelo Boeger

Consultor e Gestor em Hotelaria e Facilities na Hospitalidade Consultoria

Marcelo BoegerAdministrador de Empresas, Coordenador e Professor do curso de especialização em hotelaria hospitalar do Hospital Albert Einstein (IIEPAE). Mestre em Planejamento em Gestão Ambiental pelo Centro Universitário Ibero Americano (Unibero), Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi. Sócio e Consultor da empresa Hospitallidade Consultoria. Autor de diversos livros, entre eles: Liderança em 5 atos – ferramentas práticas para gestores em instituições de saúde (Yendis, 2012); Hotelaria hospitalar – Manuais de especialização Hospital Albert Einstein (Manole, 2011); e Hotelaria hospitalar – gestão em hospitalidade e humanização (2ª ed., Senac, 2012).

Publicação do Coalizão Saúde: “Uma agenda para transformar o sistema de saúde”

O ICOS – Instituto Coalizão Saúde é formado por representantes da cadeia produtiva do setor de saúde e pretende contribuir, de forma propositiva e pluralista, para o debate e a busca de novos avanços na área, em resposta às demandas da população e às necessidades do país.

Dentre os diversos Relatórios propositivos, temos um focado na agenda de transformação da saúde. O arquivo está disponível:

Publicação Coalizão Saúde Brasil – Uma agenda para transformar o sistema de saúde

LGPD – LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS: Entenda o que todos precisam saber – Palestra Gratuita na Vanzolini

Fundação Vanzolini – São Paulo, SP
20 de março de 2019, 19h30-21h30

Inscrição

banner-lgpd

DESCRIÇÃO DO EVENTO

A Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD regulamenta vários aspectos sobre a privacidade de dados na relação entre empresas e clientes, bem como entre empresas e os colaboradores. Para atender a LGPD, as empresas terão que rever os processos internos, alterar os termos dos contratos com clientes, funcionários e fornecedores  e providenciar tecnologias que garantam o sigilo e a confidencialidade das informações armazenadas e manipuladas. As multas por descumprimento são altíssimas. A LGPD entra em vigor em 2020. Até lá, as empresas poderão utilizar esse período para  se preparar.
PROGRAMA
  • O contexto mundial da privacidade das informações
  • O que muda no dia-a-dia da relação entre clientes e empresas com a LGPD
  • Direitos de clientes e funcionários quanto à privacidade e bom uso dos dados: aspectos jurídicos a serem observados
  • A revisão dos processos internos e a criação de procedimentos específicos
  • A necessidade de soluções tecnológicas para segurança, sigilo e privacidade
  • O “Encarregado de tratamento de dados pessoais”: suas funções e responsabilidades
  • Exemplos/Casos de comprometimento da privacidade de dados pessoais e consequências (permeando os tópicos).
PALESTRANTES
Carlos Alberto Iglesia Bernardo – Empresário e Consultor de Tecnologia da Informação, com formação em engenharia e vivência na gestão de áreas técnicas e de grandes projetos. Especialista em Infraestrutura e Segurança da Informação. Conhecimentos e experiência no desenvolvimento e implantação de soluções de hardware, software, sistemas distribuídos, infraestrutura de TI, ambiente internet, segurança da informação, gerenciamento de riscos tecnológicos, computação forense e marketing digital.
Angelo Sebastião Zanini –  Graduado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Mauá de Tecnologia, Mestre em Ciência (arquitetura de computadores) e Doutor em Ciência (segurança da informação) pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica. Professor no Instituto Mauá de Tecnologia, coordenador do Núcleo de Inovações em Negócios e Empreendedorismo no CEUN do IMT, professor convidado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica e consultor para Segurança da Informação na Fundação Vanzolini. Empresário, diretor na SIS3 Soluções Inteligentes, ex-diretor e fundador da SCUA Segurança da Informação S/A (www.scua.com.br) e da SUMUS (www.sumus.com.br). Ex-Diretor da Faculdade de Engenharia e Computação da Universidade São Judas Tadeu. Conselheiro e Diretor do Instituto de Engenharia. Especialista em empreendedorismo, IoT e em Segurança da Informação.
Jacira Jacinto da Silva – Especialista em direito empresarial, particularmente em segurança de dados.
Graduação em ciências biológicas, matemática e direito. Mestre em Direito Processual; Juíza de direito aposentada; Advogada empresarial;
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Data: 20/03/2018 (quarta-feira)
Horário: Das 19h30 às 21h30
Local: Unidade Paulista – Avenida Paulista, 967 – 4º andar
Vagas Limitadas – Inscrições até 18/03/2019

SOBRE O PRODUTOR

Fundação Vanzolini

A Fundação Vanzolini, instituição ligada à renomada Engenharia de Produção da Poli USP, traz, em eventos dos mais diversos formatos, convidados e parceiros para discussões sobre inovação, gestão, empreendedorismo e operações. Desenvolva habilidades essenciais para o futuro. Nós acreditamos no compartilhamento do conhecimento! http://www.vanzolini.org.br