Livro Branco Anahp ! Brasil Saúde 2019

livrobrancoanahp.png

A partir de uma visão macropolítica, econômica e social e buscando a essência de um modelo de saúde que contribua para a sociedade brasileira, com foco no cidadão usuário do sistema de saúde, a Anahp apresenta o Livro Branco: Brasil Saúde 2019, fruto de extensa análise do sistema de saúde brasileiro e de experiências mundiais. O documento expõe propostas para o aprimoramento da atenção à saúde e da atuação integrada entre os setores público e privado, visando uma assistência com maior qualidade e eficiência.
O Livro Branco da Saúde 2019 traz diversas tendências e previsões para o setor da saúde para os próximos anos. Entre os eixos abordados, está a regulamentação e financiamento geral do sistema.
 

Fonte:

 Post do Perfil da Anahp no Linkedin :

Anahp já disponibilizou o Observatório 2018 para download

Publicação anual com os principais indicadores do Sistema Integrado de Indicadores Hospitalares Anahp (SINHA), além de indicadores de mercado, análises setoriais, pesquisas e o perfil institucional dos hospitais membros.

Baixe agora a 10ª edição do Observatório e fique por dentro dos principais indicadores do mercado dos hospitais privados do Brasil. A publicação está disponível para download na plataforma On Demand, na qual você encontra diversos conteúdos da Anahp totalmente gratuitos.

Detalhes sobre este conteúdo
  • Conteúdo exclusivo ANAHP ONDEMAND
  • Conteúdo gratuito
  • Ao finalizar sua inscrição você terá acesso ao conteúdo por 365 dia(s)

Acesso no seguinte link:

https://ondemand.anahp.com.br/curso/publicacao-observatorio-2018

Como foi a V Jornada Baiana de Hotelaria Hospitalar

No dia 24 de Agosto de 2017, aconteceu a V Jornada Baiana de Hotelaria Hospitalar, o evento ocorreu no auditório Linus Pauling (Rua Altíno Serbeto de Barros , 119 – Pituba).

Marcelo Boeger começou a Jornada realizando a nomeação do novo organograma da Sociedade Bahiana de Hotelaria Hospitalar.

Os nomeados foram:

Presidente: Vitoria Simões

Vice-Presidente: Virginia Di Tullio,

1°Secretaria: Daniele Rosa,

2°Secretária: Suyenne Melo Duplat,

Tesoureira: Camila Garcia,

Tesoureira: Camila Bonfim,

Conselho FiscalMilena Silva, Daniela Montenegro e Luciana Boa Morte.

A palestra do Coordenador de Hotelaria e Hospitalidade do Hospital Infantil Sabará ( SP ) – Marconi M. de Freitas – , teve como foco os serviços de hospitalidade e humanização, bem como a participação da equipe multidisciplinar, no sucesso das ações, com o encantamento de pacientes e familiares, mas jamais deixando a missão do hospital, e a prioridade – segurança e excelência no atendimento.

O público presente pode observar na apresentação trazida por Marconi, algumas atividades desenvolvidas no hospital, e que são exemplos de sucesso absoluto, como os serviços de hospitalidade ( check-in e check-out, comemorações de aniversários, nutrição e pratos elaborados para o público infantil, e a limpeza e lavagem das fachadas do hospital, realizada semestralmente com profissionais da área, mas com fantasias de Super Heróis – Superman, Batman, Robin, Capitão América – dentre outros, e que, no contato e interação com os pacientes, são fundamentais para a humanização e colaboram com a recuperação dos mesmos..

Veja reportagem da rede gazeta ratificando a palestra do Marconi.

O Engenheiro Luiz Roberto, o Beto da empresa Voice Technology, focou em Tecnologia e trouxe exemplos reais de aplicações em Hotelaria Hospitalar, como por exemplo, o uso do telefone e tablets para gerenciar o Setup do Leito.

Beto entende que os indicadores de produtividade não devem ser construídos com base em suposições, esses dados devem ser extraídos de sistema e sem manipulações!

1503594837486

Marcelo Boeger, sócio da empresa Hospitallidade e Presidente da Sociedade Latino Americana de Hotelaria Hospitalar, falou sobre Indicadores na Hotelaria Hospitalar. Boeger abordou diversos indicadores – entre eles, o tempo médio de permanência dos pacientes (TMP) que segundo dados da ANAHP está  em 4,5 dias. Segundo ele, os serviços de hotelaria tem grande intensidade no contato do cliente nesta fase de internação – por meio da alimentação, da distribuição de enxoval, limpeza e manutenção e as coletas de roupa e resíduos sólidos – por exemplo.

Jacqueline Canuto, que é gerente de Qualidade do Hospital São Raphael, iniciou sua palestra mostrando alguns dados surpreendentes, como por exemplo, 1 em cada 10 pacientes que recebem cuidados assistenciais sofrem algum dano e que 50% dos equipamentos médicos estão parcial ou totalmente fora de condições de serem utilizados.

Por fim, Roberto Farias falou sobre Gerenciamento de Enxoval e Inovações em Lavanderias. Roberto comentou o quanto custa caro fazer inventário de enxoval e que muitas vezes se chega num resultado já sabido. Com relação a inovação disse que “Inovar nem sempre é criar algo novo” e dessa forma trouxe exemplos de lavanderias / hospitais que já usam chips no enxoval para controlar com mais eficiência.

Mensagem deixada por Roberto

“A aplicação dos 3 Hs (hospitalidade, humanização e hotelaria) são pilares da nova dimensão no atendimento ao cliente de saúde. Enfim, saúde não tem preço, mas tem custo”

Membros da Sociedade Baiana juntamente com Beto e Roberto Farias

Sobre a Sociedade Baiana de Hotelaria Hospitalar

A SBHH – Seccional Bahia foi fundada em 27 de agosto 2007, e tem por objetivo reunir profissionais do Estado Bahia da área da Saúde que desempenham as suas atividades na Hotelaria Hospitalar e afins.
A sociedade durante esta década vem desenvolvendo atividades de cunho científico cultural.

Contato: hhbahia@gmail.com

Galeria de Fotos:

Clique aqui

Fontes:

http://www.hospitalinfantilsabara.org.br/videos-interessantes/

As 10 Diretrizes de TI da ANAHP para orientar os hospitais na busca do Hospital Digital.

A ANAHP lançou o Manual de Diretrizes de TI para Hospitais Privados com 10 diretrizes para orientar o hospital na busca pelo Hospital Digital.

 Desde a sua fundação, em maio de 2001, a Anahp desenvolve instrumentos visando à melhoria contínua da saúde suplementar no Brasil. São publicações, discussões e eventos, entre outras inúmeras atividades lideradas pela entidade, que visam promover a melhoria sistêmica da qualidade dos serviços médico-hospitalares no país e agregar à cultura brasileira a saúde como um valor maior.

O documento “Diretrizes de TI para Hospitais Privados” é mais uma iniciativa que caminha nesse sentido. Criado em 2014, o Grupo de Estudos sobre TI foi estabelecido com o intuito de discutir e compartilhar as melhores práticas em tecnologia da informação para o setor hospitalar, uma vez que estes recursos podem ser grandes aliados para as instituições de saúde, proporcionando condições para uma governança clínica mais efetiva.

O Grupo conta com a participação de representantes dos hospitais associados, que em um trabalho de espírito associativo reúne as experiências e o conhecimento das instituições, orientando o aprimoramento da tecnologia da informação nos hospitais brasileiros e oferecendo subsídios para aqueles que desejam se tornar um Hospital Digital.

diretriintegraOs esforços da Voice em pesquisa, nos projetos implantados e nos produtos mostram que estamos alinhados com estas diretrizes. É muito bom vermos que ajudamos em todas as 10 Diretrizes, mas identificamos que nossa maior importância para nossos clientes está principalmente na Diretriz Integração.

Todos os nossos projetos preenchem lacunas críticas nos Hospitais e temos como conceito o máximo aproveitamento dos investimentos já existentes (tanto em sistemas tanto em Infraestrutura).

O resumo da Diretriz Integração no documento é:
Integrar todos os sistemas de informação, equipamentos, dispositivos médicos e parceiros em um ambiente de total interoperabilidade.

Já publicamos neste Blog alguns esforços de nossos clientes na Busca pela certificação HISMM (selo referente a Digitalização dos Hospitais) exemplos:

Também já registramos neste Blog que nossos esforços e alinhamento com a Digitalização dos Hospitais e também com o alinhamento com a HIMSS. Além da Voice envolvemos nossos parceiros e clientes nesse sentido, exemplo disso são os seguintes posts:

Quando o assunto é TI em saúde e Hospital Digital,  a certificação mais desejada. Para que você tenha uma ideia do nível dificuldade na obtenção desse reconhecimento, o número de instituições brasileiras que alcançaram seu penúltimo nível (EMRAM nível 6) não passam de uma dezena.
A certificação EMRAM é composta por oito estágios (de 0 a 7), vide a próxima figura ilustrativa com os níveis de evolução em Tecnologia da Informação (TI) que um Hospital podeestagios

conquistar. A avaliação da HIMSS é composta, basicamente, por 3 fases. Na primeira, o hospital deve responder a um questionário subjetivo, cujas respostas são processadas eletronicamente para, ao final, indicar em que estágio o hospital possivelmente está.Essa segunda fase se dá por meio de 2 avaliações: o preenchimento de outro questionário subjetivo (de 60 questões e muito mais aprofundado), que será avaliado pela equipe HIMSS Analytics, e uma web conferência.Confirmando-se a legitimidade do hospital nos estágios 6 ou 7, chega a hora de partir para a terceira e última etapa: uma vista in loco à instituição por auditores da HIMSS, que percorrerão todo o hospital, conversando com enfermeiros, médicos, recepcionistas e pacientes para, só então, decidir pela certificação e em qual nível chancelá-lo.

Quer ler o documento na integra da ANAHP ? Faça o download do arquivo com as diretrizes.

Sobre a Anahp

anhpA Associação Nacional de Hospitais Privados– Anahp é uma entidade representativa dos principais hospitais privados de excelência do país. Criada em 11 de maio de 2001, durante o 1º Fórum Top Hospital, em Brasília, e fundada em 11 de setembro do mesmo ano, a Anahp surgiu para defender os interesses e necessidades do setor e expandir as melhorias alcançadas pelas instituições privadas para além das fronteiras da Saúde Suplementar, favorecendo a todos os brasileiros.

Atualmente, a entidade ocupa uma função estratégica no desdobramento de temas fundamentais à sustentabilidade do sistema. Representante de hospitais reconhecidos pela certificação de qualidade e segurança no atendimento hospitalar, a Anahp está preparada para fortalecer o relacionamento setorial e contribuir para a reflexão sobre o papel da saúde privada no país.

Sobre a HIMSS:
HIMSS_landing_Page_small-01-e1428611915618A HIMSS é uma organização global com ações focadas na melhoria da saúde através do uso de tecnologia da informação. Fundada em 1961, engloba mais de 52 mil indivíduos, dos quais mais de 2/3 trabalham no ramo profissional da saúde, organizações governamentais e organizações sem fins lucrativos em todo o mundo, além de mais de 600 corporações e 250 organizações parceiras sem fins lucrativos, que compartilham esta causa. Com sede em Chicago, serve a comunidade de saúde global de TI com escritórios nos Estados Unidos, Europa e Ásia. A HIMSS trabalha com um vasto número de eventos no mundo inteiro, discutindo assuntos específicos de saúde e tecnologia da informação, como a questão da interoperabilidade na saúde, que permite a padronização e integração de sistemas de saúde.

Sobre a HIMSS Analytics
himss analyticsA HIMSS Analytics é uma subsidiária integral sem fins lucrativos da HIMSS. A empresa coleta e analisa dados de saúde relacionados com os processos de TI para ambientes, produtos, custos e composição do departamento de sistemas da informação, métricas de gerenciamento do departamento de sistemas da informação, as tendências de saúde e as decisões relacionadas com as compras. A HIMSS Analytics fornece dados de alta qualidade e competência analítica para organizações de prestação de serviços de saúde, empresas de TI para a saúde, governos estaduais, empresas financeiras, empresas farmacêuticas e empresas de consultoria.

Fontes: