As unidades “Pés sem Dor” adotam nossa confirmação de consultas automatizada

Mais um cliente está usando nossa confirmação de consultas automatizadas. A rede de Clínicas: Pés sem Dor , adotou nossa solução desde ……..

Nossa solução está ajudando o cliente a diminuir o absenteísmo em suas consultas. Além de otimizar a agenda, a Pés sem Dor passa ao cliente a preocupação de seu paciente não perder sua consulta por esquecimento e dá a chance do paciente poder reagendar sua consulta em caso de impossibilidade de comparecer e assim poder seguir com seu tratamento.

Temos aqui no Blog outros casos de sucesso de nossa aplicação de Confirmação de consultas automatizadas:

A Base de nossa solução de confirmação de consultas é nosso sistema VoiceBanner. Através de um serviço automatizado

Este projeto foi viabilizado por nosso parceiro Voitel.

a-empresa-quem-somos4

 

Sobre o Voice Banner:

Voice Banner

O sistema Voice Banner é um portal para realização Automática das Confirmações das Agendas via chamada telefônica.

O sistema é baseado em tecnologia Cloud Computing, o que facilita a implantação e obtém um ótimo custo benefício.

Ano novo, cara nova!

happy-new-year-computer

Feliz ano novo, adeus sistema velho…

Damos as boas vindas ao novo ano anunciando a nova versão do sistema Voice Banner que entrou no ao ar no dia 29/12/2016.

A nova versão possui muitas novidades:
-Novo visual, mais bonito, simples e intuitivo;
-Nova aba de relatórios, com mais opções para você
-Agora todos os relatórios podem ser impressos ou exportados no formato CSV
Veja como ficou:
pasted3

Nova Aba Campanhas

voicebannerrelatorios1

Desempenho por Período

voicebannerrelatoriosbuscaragenda

Buscar Agenda

voicebannerrelatorioshistoricodeligacoes

Histórico de Ligações

voicebannerrelatoriosagendaporunidade

Agendamento por Unidade

Cloud computer: a nuvem de inovação que você precisa conhecer.

Cloud-Computinguser.jpg

O termo computação na nuvem, ou cloud computer, ganhou força lá pelos idos de 2008, mas, o conceito é bem mais antigo, remontando ao início da WWW. A cloud computing se define basicamente pela utilização, em qualquer lugar e independente de plataforma, diferentes aplicações através da internet com a mesma facilidade de tê-las instaladas seu computador local.

é a entrega da computação como um serviço ao invés de um produto, onde recursos compartilhados, software e informações são fornecidas, permitindo o acesso através de qualquer computador, tablet ou celular conectado à Internet.

Senta que lá vem História!

A História do Cloud Computing caminha juntamente com a da programação e da evolução dos sistemas em rede. O conceito não nasce pronto, mas se desenvolve a partir do trabalho de diversos profissionais, como o desenvolvido por John McCarthy. O pesquisador, que faleceu em outubro de 2011, foi um dos nomes por trás do desenvolvimento do que conhecemos hoje como inteligência artificial, principalmente a linguagem Lisp, até hoje aplicada em projetos que utilizam Cloud Computing. Mc Carthy no início dos 60, começou a trabalhar numa idéia muito importante, o time sharing. Por este sistema um computador poderia ser utilizado simultaneamente por dois ou mais usuários para realização de tarefas, aproveitando juntamente os tempos ociosos entre cada processo. Computadores à época eram um recurso caro e aproveitar suas possibilidades ao máximo, com o mínimo custo, era muito necessário. E perceba que desta forma nasce a idéia de usuários se revezando na utilização de processamento de máquinas.

.

À mesma época Joseph Licklider entrou para a história ao ser um dos pioneiros da internet  e teve a ingrata arefa de encontrar outras utilidades para o computador que não fosse apenas a de ser uma “poderosa calculadora” sendo o primeiro a entender que computadores poderiam ser usados de maneira conectada, de forma a permitir comunicação de maneira global e, consequentemente, o compartilhamento de dados. Seu trabalho foi determinante para a criação da Intergalactic Computer Network, que posteriormente deu origem à ARPANET, que por sua vez “abriu as portas” para a internet.

A recompensa está nas nuvens!

As vantagens dos serviços em Cloud são muitas, mas uma das maiores é a economia com investimento em hardware. A parte pesada do processamento fica na “nuvem”, o usuário pre­cisa apenas de um navegador e uma conexão à internet boa para utilizar os serviços.

Outra vantagem é a elasticidade. Se for necessário mais ou menos espaço para armazenamento, basta assinar um upgrade, já que não é necessário trocar os equipamentos.

Um bom exemplo de cloud computing são os serviços como o Voice Banner, onde os usuários podem criar e editar suas campanhas de discagem, subir diversas agendas de consultas para discagem de confirmação, promover campanhas de mensagens comunitárias ou escolares, ou até ser utilizado como discador automático em campanhas comerciais. Para usar o serviço, basta abrir o navegador e acessar o Voice Banner com a senha recebida após a assinatura.

Exemplo de retorno de Investimento em venda de assinatura.

assinaturaO objetivo deste post é registrar um caso real de sucesso e retorno de investimento em uma operação de Call Center de vendas de assinaturas proporcionado por nosso Discador para que este sirva de exemplo de retorno de Investimento.

Cenário

O Cliente possuía um pequeno Call Center com 10 posições de atendimento (PAs) em dois turnos de atendimento para realizar a venda de assinaturas de jornais. Cada agente conseguia efetuar apenas 1 (uma) assinatura por dia, ou seja, cerca de 20 assinaturas por dia.

Cada campanha de venda durava cerca de 5 dias e a lista de números chegava a 15 000 contatos.

Neste ritmo, a venda das assinaturas nem sempre resultava no retorno financeiro desejado.

Solução

problema-solucaoFoi implementado o Discador da Voice Technology. Que realiza a discagem de ‘n’ números simultaneamente. As ligações completadas com sucesso são prontamente entregues para agentes livres, assim que o atendimento anterior for finalizado. As demais ligações não completadas são enfileiradas para nova discagem.

Resultados

dindin.jpgCom as mesmas 10 PAs, registrou-se a média de 100 assinaturas vendidas por dia, um aumento dramático em comparação ao cenário sem discador. A eficiência do Call Center aumentou no mesmo ritmo, passando a completar uma campanha em apenas um único dia.

Com o sucesso e aumento das vendas, o retorno financeiro sobre o investimento aplicado foi de apenas 4 meses.

Outros Posts sobre retorno de Investimento em Call Center:

Interessado em planejar sua operação ativa, leia o post sobre o desenho de uma operação ativa que descreve bem pontos importantes para uma operação ativa de Call Center e os pontos relevantes para se implantar um discador.

Outro grande exemplo de retorno de investimento em Call Center , está no post Exemplo de retorno de investimento em Call Center

Outro post interessante e alinhado com este tema é o post: Discador na Nuvem – Reduzindo Custos e aumentando a produtividade

Outra publicação relacionada a custos é o post do 0800reverso

Mais um grande projeto com o Adviser Hotel

O novo empreendimento da Rede Hoteleiras GJP em Minas Gerais também conta com as automações do Adviser Hotel .

Neste projeto nosso sistema é o responsável pela integração entre o equipamento de telefonia da Unify (antiga Siemens Enterprise) e o sistema de Gestão Hoteleira da CMNet.

497bc1e0-c481-46ff-bc46-4da55d8c8147-largeAmbos os Hoteis localizados no Aeroporto de Confins (Grande Belo Horizonte – MG)

Prodigy Hotel Confins International AirportVer site

prodigy-confinsHotel na área do Aeroporto Internacional de Confins com 135 quartos da marca Linx (padrão econômico) e 39 da marca Prodigy (padrão 4 estrelas). Possui restaurante de cozinha Internacional, lobby bar, fitness room, business stations, wifi gratuita, Tv a cabo e estacionamento. Centro de Convenções no 10º andar com capacidade para cerca de 400 pessoas.

Linx Hotel Confins International Airport Ver site

logo-linx-confins.png.400x0Hotel de 3 estrelas de construção vertical na área do Aeroporto Internacional de Confins.

Fontes:

em 28 de Março de 2016:

Discador na Nuvem – Reduzindo custos e aumentando a produtividade

Já falamos um pouco neste Blog sobre a conjuntura de fatores favoráveis para aplicações em Nuvem, no post “é a tempestade perfeita para o segmento de computação em Nuvem“. Neste falaremos um pouco de uma aplicação específica na Nuvem e suas vantagens: Discador na Nuvem.

O Discador é uma plataforma de telemarketing ativo que fica localizada dentro de um data center e os agentes necessitam apenas de internet para começarem a trabalhar. Basta eles se logarem e o Discador começa a trabalhar passando ligações para os agentes.

Usando o Discador a produtividade cresce em torno de 30% a 200%, pois a plataforma é quem inicia a chamada e os agentes não tem que gastar o seu tempo discando, nem ouvindo ocupado e em chamadas que não atendem. A qualidade do atendimento também melhora, pois os agentes estão mais descansados e menos estressados. Temos mais informações sobre uma operação ativa no post: “Desenho de uma operação ativa…

Temos algumas modalidades de comercialização do Discador na Nuvem, uma é com o serviço Voice Banner. Neste caso conseguimos uma interação com o cliente onde é possível automatizar 100% um aviso, uma obter uma resposta automatizada  sem a necessidade de agentes de Call Center.

Por estar em nuvem faz com que a empresa deixe de gastar com:

  • compra de hardware,
  • licença de software,
  • manutenção
  • e upgrade do sistema.

Vantagens financeiras

  • Paga pelo que utiliza
  • Paga pela quantidade de canais simultâneos de discagem e pelo número de agentes simultâneos.
  • Tarifas competitivas
  • Reduz drasticamente gasto inicial
  • Não necessita comprar hardware, licença de software,
  • Elimina custos com infraestrutura como sala refrigerada para equipamentos e libera metros quadrados,
  • Reduz custos de manter tronco com operadoras, pois a discagem é  gerenciada no data-center
  • Reduz custo de suporte e manutenção
  • Não necessita manter técnicos para suporte e manutenção.
  • Upgrades do sistema estão inclusos na mensalidade. Central de atendimento pronta para te atender em caso de necessidades ou dúvidas.
  • Sem fidelização Contratação e cancelamento quando necessitar, sem multa.
  • Sem desperdício
  • Contrata somente as funcionalidades que necessita, na quantidade necessária.

Controle sobre a operação: alguns clientes podem argumentar que preferem ter o sistema
internamente pois querem ter controle sobre a operação. O fato é que muitas empresas estão correndo um risco maior mantendo os equipamentos internos, pois esses não estão dentro de um data center Tier 3, como está nosso Discador, com link de dados redundante, servidores redundantes, geradores, rígido controle de acesso, firewall, metodologia de operação profissional, etc.

  • E quanto custa manter uma equipe de monitoração 7×24?
  • Quanto custa manter técnicos especializados in-house?

Segurança da informação: O Cadastro ou a lista de clientes é um dos maiores ativos da empresa. Em nosso sistema não há necessidade de passar o cadastro completo, basta o telefone e uma chave (código do cliente).

Flexibilidade operacional e distribuição geográfica

Como ambiente econômico em constante mudança, as empresas necessitam mudar e se adaptar rapidamente: rápido crescimento, picos de chamadas causadas pela introdução de novos produtos, promoções, mudanças regulatórias/governamentais.

O Discador permite que posições de atendimento cresçam rapidamente (escalabilidade). Assim o Discador em Nuvem atende diversos cenários:

  • Novos sites ou localidades podem ser abertos ou realocados em questão de dias.
  • Agentes podem trabalhar de casa.
  • Grandes centros enfrentam escassez de mão-de-obra,
  • dificuldade na locomoção de pessoas e custo do mão de obra elevado;

O nosso sistema permite que atendentes façam home-office, com toda qualidade, pois possui ferramentas de monitoração, gravação e relatórios de produtividade da atendente.

Redução dos custos de gerenciamento e manutenção

One stop shop: callcenter, gravador, discador, URA com acesso a banco de dados, integração com CRM, pesquisa de satisfação pós- atendimento, minutos (local, longa distância e internacional), DDR, 0800, 400X, locução com qualidade profissional, correio de voz, reconhecimento de fala, text-to-speech e portabilidade numérica.

Quanto custa para uma empresa administrar diversos sistemas de vários fornecedores?

E quando ocorre um problema e um fornecedor empurra o problema para outro?

Quanto custa manter e gerenciar funcionários os quais entendam de sistemas complexos como um call center?

Razões apontadas para optar pelo modelo na núvem:

Funcionamento passo a passo, veja o vídeo demonstrativo

  • Cliente envia a lista de discagem no formato CSV
  • carregamos a lista e administrar a campanha
  • O Discador verifica se existe agente livre; se sim, inicia discagem, passando chamadas para os agentes
  • —Assim que um agente desliga, automaticamente o discador inicia uma nova chamada.
  • Quando não houver mais agentes, para automaticamente
  • Cliente recebe diariamente um resumo de como foi a performance da lista: chamadas efetuadas, chamadas atendidas, etc.
  • O cliente pode solicitar um retorno detalhado da lista: todos os telefones da lista com o estado da ultima chamada efetuada (ocupado, não atende, número inválido, atendimento, etc.)

Facilidades:

  • Relatório de produtividade da lista
  • Relatório de produtividade do atendente
  • Relatório de produtividade do ramal
  • Relatório de produtividade do grupo
  • Cockpit da operação
  • Recebe chamadas externas
  • Ouvir conversa do agente
  • Gerenciamento da fila de atendimento

Modalidades

  • Voice banner: discador liga, toca mensagem e desliga
  • Voice banner com transferência
  • Disca e transfere para a atendente sem tocar mensagem
  • Pesquisa de satisfação ou enquetes

Gostou ? envie um e-mail para: comercial@voicetechnology.com.br ou entre em contato conosco

é a tempestade perfeita para o segmento de computação em nuvem

O Jornal Valor Economico fez uma excelente matéria sobre o cenário atual para aplicações em computação em Nuvem.  Este cenário é muito animador para nossas aplicações em Nuvem como : Call Center (Basix Call Center), Discador, Voice Banner, Gravador, telefonia, URA, Video chamadas e muitos outras soluções…

Este cenário nos deixa muito animados que nossos esforços estão no caminho certo, e na certeza que nossos produtos e serviços proporcionam os benefícios citados e está aderente ao cenário global…

Com orçamentos sob pressão, os gestores das áreas de tecnologia da informação (TI) terão de ser criativos e ousados para garantir base tecnológica às estratégias corporativas. A crise econômica acelerou a busca por maior eficiência, inovação em produtos e serviços e redução de custos.

Somase a esse tripé, a digitalização corrente dos negócios cujo movimento não pode ser interrompido e o surgimento de soluções que estão transformando a forma como a empresa se relaciona com consumidores, parceiros e governos. “É a tempestade perfeita para o segmento de computação em nuvem”, destaca Shawn Price, vicepresidente sênior para aárea de computação em nuvem da Oracle.
Segundo ele, o Brasil passa por um momento de transformação, que exige maior competitividade e criatividade. Estar à frente da concorrência demanda mais inteligência  …”Ao adotar a computação em nuvem, as empresas economizam pelo menos 30% nos orçamentos de TI”, diz Price.

No Brasil, prevê o instituto de pesquisa Frost & Sullivan, o mercado de computação em nuvem deve avançar à velocidade de dois dígitos nos próximos anos. Segundo o instituto, o segmento somou receita de US$ 474,8 milhões no ano passado. Em 2017, o volume de negócios deve chegar a US$ 1,11 bilhão.

A redução de custos é a principal razão para a adoção da tecnologia, seguida pelo suporte à inovação e a flexibilidade para explorar novas oportunidades no mercado.

A computação em nuvem, explica Ricardo Chisman, líder de tecnologia da Accenture, é um novo modelo de entrega de tecnologia da informação baseado na terceirização e no compartilhamento de infraestrutura e sistemas. “Companhias de todos os portes podem ter acesso a soluções de ponta sem investir na base tecnológica”. A ideia é que paguem pelos recursos utilizados
como é feito com energia elétrica e telecomunicações. Trata-se de transformar toda a parafernália técnica em serviços.

“A empresa pode contratar mais recursos computacionais durante um período e ‘devolvê-los’ para o provedor quando não precisar mais deles”, exemplifica Chisman.

Além de ser elástico, o modelo de contratação reduz os custos com gestão tecnológica, infraestrutura de refrigeração, contratação de pessoal qualificado e energia elétrica. “A agilidade para colocar sistemas em operação na nuvem amplia a capacidade de inovação dos negócios, um ganho indireto que não dá para ser medido”, destaca Chisman.

A crise econômica acelera o apetite das empresas para adotar a nuvem. Os pequenos negócios não encontram outra forma de digitalização, automação e organização o compartilhamento é a única maneira de eles terem acesso à TI. As novatas (ou startups) nascem dentro dos centros de dados e na nuvem. Sem essa estrutura, não teriam condições de entrar no mercado e inserir novos e criativos modelos de negócios. Os dispositivos móveis provavelmente estariam vazios de aplicativos e o alcance das redes sociais seria reduzido.

Já as grandes empresas enfrentam a obsolescência cada vez mais rápida dos equipamentos e sistemas. A desvalorização do real frente ao dólar e o aumento nas taxas de juros funcionam como freio para os projetos de investimento e atualização dos recursos próprios. Em uma operação de TI, grande parte dos ativos (computadores, sistemas de refrigeração e softwares) é importada. “Com o alto custo de capital, a tendência é migrar para modelos de terceirização que permitam contabilizar a tecnologia como despesa”,afirma David Gonzales, diretor geral da Intel Brasil.

Até agora o modelo de nuvem híbrida que combina computação em nuvem privada (com recursos computacionais dedicados e geridos pelas companhias) com a nuvem pública (onde o compartilhamento total comanda o serviço) é o mais utilizado no Brasil.

Antonio Carlos Pina, diretor de tecnologia da Mandic, lembra que os gestores de TI também estão se adaptando à forma de contratação e de cobrança em nuvem. “Existe uma preocupação em entender como controlar o consumo para não estourar o orçamento”, diz. Em empresas acostumadas com a terceirização, a opção está em assinar contratos claros, com níveis de serviço estabelecidos e uma certa previsibilidade no desembolso.

Segundo Pina, a alta do dólar e a burocracia para calcular e recolher os impostos quando o serviço é prestado fora do país inibem a importação de computação em nuvem. “Negociar e estabelecer os limites orçamentários com brasileiros é mais fácil. Evita surpresas”, afirma. A flexibilidade para negociar permite a criação de modelos de entrega sob medida, como o estabelecimento de mensalidade fixa. A adaptação da nuvem às exigências das empresas brasileiras é um negócio promissor. Na Mandic promoveu crescimento de 30% nas vendas de computação em nuvem nos últimos 12 meses.

Fonte: http://www.valor.com.br/empresas/4268192/movimento-na-nuvem em 15 de Outubro de 2015