Nuvem em favor do seu callcenter?

O cloud computing ou aplicações em Nuvem é uma tendência mundial. Diversas áreas até já são predominante. Podemos trazer muitas vantagens e benefícios para dentro do  Call Center. Neste artigo queremos explicitar algumas vantagens que as aplicações em Nuvem proporcionam a um Call Center.

Mobilidade corporativa 

As aplicações em nuvem proporcionam mobilidade. Temos publicado aqui no Blog como nossas aplicações de telefonia atuam em um plano de contingência para Catástrofes.  Ajudamos alguns clientes em planos de DR (Disaster Recovery).

Call Center BasixDigamos que o seu callcenter sofra alguma catástrofe onde o ambiente físico seja prejudicado, como em uma enchente ou até mesmo situações que impeçam o deslocamento até o escritório como uma Greve de meios de transportes. Em empresas comuns, todo o trabalho seria afetado. Já com o uso das aplicações em Nuvem (cloud computing) isso é diferente!

Um callcenter que funcione a partir da nuvem pode ser rapidamente reconfigurado para que toda a equipe de colaboradores trabalhe dentro das suas próprias casas ou até em um lugar alternativo que tenha acesso a internet. Nosso Call Center em nuvem (o Basix Call Center)  permite o acompanhamento on line do trabalho dos atendentes, mesmo que estas estejam remotas.

Balanceamento on line

Temos diversos clientes de atendimento de pedidos de refeições e delivery. Com as aplicações em nuvem, podemos em tempo real configurar regras em que uma praça ajude a outra.

Exemplo: Temos um cliente que em cada cidade tem uma pequena célula de Call Center logada. Neste caso quando uma das cidades tem um tráfego anormal , On line ele configura agentes de outra célula para ajudar. Em alguns casos este balanceamento é feito automaticamente.

Você paga pelo que usa 

Serviços na nuvem funciona como um ótimo corte de despesas, pois você só irá pagar aquilo que foi determinado no ato da assinatura, ou seja, apenas pelo que for necessário.

custos adequados

Isso ainda gera um custo futuro mais baixo porque algumas decisões estratégicas não precisam ser descartadas devido ao alto valor pago pela adoção de alguma tecnologia.

Pagando por que usa, te ajuda em equações de atividades impactadas por sazonalidades, equalizando receitas e custos em uma mesma curva.

Reduza os custos de TI

Se os valores já são baixos devido ao que foi explicado anteriormente, com a economia relativa à TI, o seu callcenter terá um ótimo retorno financeiro. Afinal, se tudo está virtualmente disponível por meio do cloud computing, diversos gastos podem ser eliminados.

Por exemplo, despesas relativas à manutenção e às atualizações de hardwares e softwares não ficarão ao cargo da sua empresa, mas sim do fornecedor dos serviços da nuvem.

Além disso, o processo de expansão ou mudança de local da sua instituição, caso necessário, será muito mais rápido e menos cansativo, pois vários componentes essenciais para o trabalho estão disponíveis no cloud computing.

A segurança realmente é um problema para o callcenter?

Nem tanto. Embora várias pessoas acreditem que o serviço é inseguro, os investimentos feitos pelos fornecedores para protegerem os seus data centers são gigantescos e, em grande parte dos casos, maiores do que os de diversas empresas. Nós utilizamos os Datacenters mais adequados.

Replicar os mesmos SLAs (Service Level Agreement) proporcionado pelos serviços em nuvem em uma operação própria é praticamente proibitivo financeiramente. E em muitos casos nem é viável tecnicamente. Garantir a disponibilidade dos serviços já é uma característica que nasceu com este modelo de negócio.

Você deve levar em consideração que diversos aparelhos físicos como notebooks, HDs externos etc podem ser facilmente perdidos. Isso pode gerar um grande problema caso algum deles tenha informações importantes.

Segue alguns outros posts sobre nossas soluções em nuvem:

Cloud computer: a nuvem de inovação que você precisa conhecer.

Cloud-Computinguser.jpg

O termo computação na nuvem, ou cloud computer, ganhou força lá pelos idos de 2008, mas, o conceito é bem mais antigo, remontando ao início da WWW. A cloud computing se define basicamente pela utilização, em qualquer lugar e independente de plataforma, diferentes aplicações através da internet com a mesma facilidade de tê-las instaladas seu computador local.

é a entrega da computação como um serviço ao invés de um produto, onde recursos compartilhados, software e informações são fornecidas, permitindo o acesso através de qualquer computador, tablet ou celular conectado à Internet.

Senta que lá vem História!

A História do Cloud Computing caminha juntamente com a da programação e da evolução dos sistemas em rede. O conceito não nasce pronto, mas se desenvolve a partir do trabalho de diversos profissionais, como o desenvolvido por John McCarthy. O pesquisador, que faleceu em outubro de 2011, foi um dos nomes por trás do desenvolvimento do que conhecemos hoje como inteligência artificial, principalmente a linguagem Lisp, até hoje aplicada em projetos que utilizam Cloud Computing. Mc Carthy no início dos 60, começou a trabalhar numa idéia muito importante, o time sharing. Por este sistema um computador poderia ser utilizado simultaneamente por dois ou mais usuários para realização de tarefas, aproveitando juntamente os tempos ociosos entre cada processo. Computadores à época eram um recurso caro e aproveitar suas possibilidades ao máximo, com o mínimo custo, era muito necessário. E perceba que desta forma nasce a idéia de usuários se revezando na utilização de processamento de máquinas.

.

À mesma época Joseph Licklider entrou para a história ao ser um dos pioneiros da internet  e teve a ingrata arefa de encontrar outras utilidades para o computador que não fosse apenas a de ser uma “poderosa calculadora” sendo o primeiro a entender que computadores poderiam ser usados de maneira conectada, de forma a permitir comunicação de maneira global e, consequentemente, o compartilhamento de dados. Seu trabalho foi determinante para a criação da Intergalactic Computer Network, que posteriormente deu origem à ARPANET, que por sua vez “abriu as portas” para a internet.

A recompensa está nas nuvens!

As vantagens dos serviços em Cloud são muitas, mas uma das maiores é a economia com investimento em hardware. A parte pesada do processamento fica na “nuvem”, o usuário pre­cisa apenas de um navegador e uma conexão à internet boa para utilizar os serviços.

Outra vantagem é a elasticidade. Se for necessário mais ou menos espaço para armazenamento, basta assinar um upgrade, já que não é necessário trocar os equipamentos.

Um bom exemplo de cloud computing são os serviços como o Voice Banner, onde os usuários podem criar e editar suas campanhas de discagem, subir diversas agendas de consultas para discagem de confirmação, promover campanhas de mensagens comunitárias ou escolares, ou até ser utilizado como discador automático em campanhas comerciais. Para usar o serviço, basta abrir o navegador e acessar o Voice Banner com a senha recebida após a assinatura.

Discador na Nuvem – Reduzindo custos e aumentando a produtividade

Já falamos um pouco neste Blog sobre a conjuntura de fatores favoráveis para aplicações em Nuvem, no post “é a tempestade perfeita para o segmento de computação em Nuvem“. Neste falaremos um pouco de uma aplicação específica na Nuvem e suas vantagens: Discador na Nuvem.

O Discador é uma plataforma de telemarketing ativo que fica localizada dentro de um data center e os agentes necessitam apenas de internet para começarem a trabalhar. Basta eles se logarem e o Discador começa a trabalhar passando ligações para os agentes.

Usando o Discador a produtividade cresce em torno de 30% a 200%, pois a plataforma é quem inicia a chamada e os agentes não tem que gastar o seu tempo discando, nem ouvindo ocupado e em chamadas que não atendem. A qualidade do atendimento também melhora, pois os agentes estão mais descansados e menos estressados. Temos mais informações sobre uma operação ativa no post: “Desenho de uma operação ativa…

Temos algumas modalidades de comercialização do Discador na Nuvem, uma é com o serviço Voice Banner. Neste caso conseguimos uma interação com o cliente onde é possível automatizar 100% um aviso, uma obter uma resposta automatizada  sem a necessidade de agentes de Call Center.

Por estar em nuvem faz com que a empresa deixe de gastar com:

  • compra de hardware,
  • licença de software,
  • manutenção
  • e upgrade do sistema.

Vantagens financeiras

  • Paga pelo que utiliza
  • Paga pela quantidade de canais simultâneos de discagem e pelo número de agentes simultâneos.
  • Tarifas competitivas
  • Reduz drasticamente gasto inicial
  • Não necessita comprar hardware, licença de software,
  • Elimina custos com infraestrutura como sala refrigerada para equipamentos e libera metros quadrados,
  • Reduz custos de manter tronco com operadoras, pois a discagem é  gerenciada no data-center
  • Reduz custo de suporte e manutenção
  • Não necessita manter técnicos para suporte e manutenção.
  • Upgrades do sistema estão inclusos na mensalidade. Central de atendimento pronta para te atender em caso de necessidades ou dúvidas.
  • Sem fidelização Contratação e cancelamento quando necessitar, sem multa.
  • Sem desperdício
  • Contrata somente as funcionalidades que necessita, na quantidade necessária.

Controle sobre a operação: alguns clientes podem argumentar que preferem ter o sistema
internamente pois querem ter controle sobre a operação. O fato é que muitas empresas estão correndo um risco maior mantendo os equipamentos internos, pois esses não estão dentro de um data center Tier 3, como está nosso Discador, com link de dados redundante, servidores redundantes, geradores, rígido controle de acesso, firewall, metodologia de operação profissional, etc.

  • E quanto custa manter uma equipe de monitoração 7×24?
  • Quanto custa manter técnicos especializados in-house?

Segurança da informação: O Cadastro ou a lista de clientes é um dos maiores ativos da empresa. Em nosso sistema não há necessidade de passar o cadastro completo, basta o telefone e uma chave (código do cliente).

Flexibilidade operacional e distribuição geográfica

Como ambiente econômico em constante mudança, as empresas necessitam mudar e se adaptar rapidamente: rápido crescimento, picos de chamadas causadas pela introdução de novos produtos, promoções, mudanças regulatórias/governamentais.

O Discador permite que posições de atendimento cresçam rapidamente (escalabilidade). Assim o Discador em Nuvem atende diversos cenários:

  • Novos sites ou localidades podem ser abertos ou realocados em questão de dias.
  • Agentes podem trabalhar de casa.
  • Grandes centros enfrentam escassez de mão-de-obra,
  • dificuldade na locomoção de pessoas e custo do mão de obra elevado;

O nosso sistema permite que atendentes façam home-office, com toda qualidade, pois possui ferramentas de monitoração, gravação e relatórios de produtividade da atendente.

Redução dos custos de gerenciamento e manutenção

One stop shop: callcenter, gravador, discador, URA com acesso a banco de dados, integração com CRM, pesquisa de satisfação pós- atendimento, minutos (local, longa distância e internacional), DDR, 0800, 400X, locução com qualidade profissional, correio de voz, reconhecimento de fala, text-to-speech e portabilidade numérica.

Quanto custa para uma empresa administrar diversos sistemas de vários fornecedores?

E quando ocorre um problema e um fornecedor empurra o problema para outro?

Quanto custa manter e gerenciar funcionários os quais entendam de sistemas complexos como um call center?

Razões apontadas para optar pelo modelo na núvem:

Funcionamento passo a passo, veja o vídeo demonstrativo

  • Cliente envia a lista de discagem no formato CSV
  • carregamos a lista e administrar a campanha
  • O Discador verifica se existe agente livre; se sim, inicia discagem, passando chamadas para os agentes
  • —Assim que um agente desliga, automaticamente o discador inicia uma nova chamada.
  • Quando não houver mais agentes, para automaticamente
  • Cliente recebe diariamente um resumo de como foi a performance da lista: chamadas efetuadas, chamadas atendidas, etc.
  • O cliente pode solicitar um retorno detalhado da lista: todos os telefones da lista com o estado da ultima chamada efetuada (ocupado, não atende, número inválido, atendimento, etc.)

Facilidades:

  • Relatório de produtividade da lista
  • Relatório de produtividade do atendente
  • Relatório de produtividade do ramal
  • Relatório de produtividade do grupo
  • Cockpit da operação
  • Recebe chamadas externas
  • Ouvir conversa do agente
  • Gerenciamento da fila de atendimento

Modalidades

  • Voice banner: discador liga, toca mensagem e desliga
  • Voice banner com transferência
  • Disca e transfere para a atendente sem tocar mensagem
  • Pesquisa de satisfação ou enquetes

Gostou ? envie um e-mail para: comercial@voicetechnology.com.br ou entre em contato conosco

é a tempestade perfeita para o segmento de computação em nuvem

O Jornal Valor Economico fez uma excelente matéria sobre o cenário atual para aplicações em computação em Nuvem.  Este cenário é muito animador para nossas aplicações em Nuvem como : Call Center (Basix Call Center), Discador, Voice Banner, Gravador, telefonia, URA, Video chamadas e muitos outras soluções…

Este cenário nos deixa muito animados que nossos esforços estão no caminho certo, e na certeza que nossos produtos e serviços proporcionam os benefícios citados e está aderente ao cenário global…

Com orçamentos sob pressão, os gestores das áreas de tecnologia da informação (TI) terão de ser criativos e ousados para garantir base tecnológica às estratégias corporativas. A crise econômica acelerou a busca por maior eficiência, inovação em produtos e serviços e redução de custos.

Somase a esse tripé, a digitalização corrente dos negócios cujo movimento não pode ser interrompido e o surgimento de soluções que estão transformando a forma como a empresa se relaciona com consumidores, parceiros e governos. “É a tempestade perfeita para o segmento de computação em nuvem”, destaca Shawn Price, vicepresidente sênior para aárea de computação em nuvem da Oracle.
Segundo ele, o Brasil passa por um momento de transformação, que exige maior competitividade e criatividade. Estar à frente da concorrência demanda mais inteligência  …”Ao adotar a computação em nuvem, as empresas economizam pelo menos 30% nos orçamentos de TI”, diz Price.

No Brasil, prevê o instituto de pesquisa Frost & Sullivan, o mercado de computação em nuvem deve avançar à velocidade de dois dígitos nos próximos anos. Segundo o instituto, o segmento somou receita de US$ 474,8 milhões no ano passado. Em 2017, o volume de negócios deve chegar a US$ 1,11 bilhão.

A redução de custos é a principal razão para a adoção da tecnologia, seguida pelo suporte à inovação e a flexibilidade para explorar novas oportunidades no mercado.

A computação em nuvem, explica Ricardo Chisman, líder de tecnologia da Accenture, é um novo modelo de entrega de tecnologia da informação baseado na terceirização e no compartilhamento de infraestrutura e sistemas. “Companhias de todos os portes podem ter acesso a soluções de ponta sem investir na base tecnológica”. A ideia é que paguem pelos recursos utilizados
como é feito com energia elétrica e telecomunicações. Trata-se de transformar toda a parafernália técnica em serviços.

“A empresa pode contratar mais recursos computacionais durante um período e ‘devolvê-los’ para o provedor quando não precisar mais deles”, exemplifica Chisman.

Além de ser elástico, o modelo de contratação reduz os custos com gestão tecnológica, infraestrutura de refrigeração, contratação de pessoal qualificado e energia elétrica. “A agilidade para colocar sistemas em operação na nuvem amplia a capacidade de inovação dos negócios, um ganho indireto que não dá para ser medido”, destaca Chisman.

A crise econômica acelera o apetite das empresas para adotar a nuvem. Os pequenos negócios não encontram outra forma de digitalização, automação e organização o compartilhamento é a única maneira de eles terem acesso à TI. As novatas (ou startups) nascem dentro dos centros de dados e na nuvem. Sem essa estrutura, não teriam condições de entrar no mercado e inserir novos e criativos modelos de negócios. Os dispositivos móveis provavelmente estariam vazios de aplicativos e o alcance das redes sociais seria reduzido.

Já as grandes empresas enfrentam a obsolescência cada vez mais rápida dos equipamentos e sistemas. A desvalorização do real frente ao dólar e o aumento nas taxas de juros funcionam como freio para os projetos de investimento e atualização dos recursos próprios. Em uma operação de TI, grande parte dos ativos (computadores, sistemas de refrigeração e softwares) é importada. “Com o alto custo de capital, a tendência é migrar para modelos de terceirização que permitam contabilizar a tecnologia como despesa”,afirma David Gonzales, diretor geral da Intel Brasil.

Até agora o modelo de nuvem híbrida que combina computação em nuvem privada (com recursos computacionais dedicados e geridos pelas companhias) com a nuvem pública (onde o compartilhamento total comanda o serviço) é o mais utilizado no Brasil.

Antonio Carlos Pina, diretor de tecnologia da Mandic, lembra que os gestores de TI também estão se adaptando à forma de contratação e de cobrança em nuvem. “Existe uma preocupação em entender como controlar o consumo para não estourar o orçamento”, diz. Em empresas acostumadas com a terceirização, a opção está em assinar contratos claros, com níveis de serviço estabelecidos e uma certa previsibilidade no desembolso.

Segundo Pina, a alta do dólar e a burocracia para calcular e recolher os impostos quando o serviço é prestado fora do país inibem a importação de computação em nuvem. “Negociar e estabelecer os limites orçamentários com brasileiros é mais fácil. Evita surpresas”, afirma. A flexibilidade para negociar permite a criação de modelos de entrega sob medida, como o estabelecimento de mensalidade fixa. A adaptação da nuvem às exigências das empresas brasileiras é um negócio promissor. Na Mandic promoveu crescimento de 30% nas vendas de computação em nuvem nos últimos 12 meses.

Fonte: http://www.valor.com.br/empresas/4268192/movimento-na-nuvem em 15 de Outubro de 2015

Hospitais e clínicas de SP se entusiasmam com o Voice Banner

Fomos convidados por alguns Hospitais da cidade de São Paulo, para palestrar sobre nossa solução inovadora para a confirmação de consultas baseada em nosso Voice Banner. Esta palestra aconteceu no dia 2 de Dezembro de 2015 nas dependências do Salomão Zoppi Diagnósticos e estiveram presentes representantes de diversos Hospitais importantes da cidade que se reúnem regularmente para trocar experiências positivas e também boas práticas de mercado.

Dentre os Hospitais presentes tivemos: Hospital São Camilo, Hospital Albert Einstein, Hospital Samaritano, Hospital 9 de Julho, Hospital Oswaldo Cruz, Hospital Beneficência Portuguesa, Hospital das Clinicas, etc.

Junto com a Voice, tivemos o acompanhamento da empresa Innovat Solutions, nossa parceira comercial nesse segmento.  O Diretor da Innovat Sr. Ralf Peterlevitz já aproveitou o evento para conhecer alguns clientes e fazer o relacionamento.

Na foto seguinte temos nosso Engenheiro Luiz Roberto de Oliveira,  palestrando  sobre diversos casos de sucesso do Voice Banner aplicado a atividade de confirmação de consultas automatizadas, dentre os casos de sucesso o próprio anfitrião do evento, Salomão Zoppi Diagnósticos representado por Débora Vieira Granjeiro, e o Hospital São Camilo representado pela Ruth Alves Pereira.

Durante a palestra ficou muito claro como nossa aplicação é considerada inovadora e o quanto os resultados de nossos cases impressionam.

Ficamos muito felizes e animados com a receptividade de nossas soluções e aproveitamos o evento para receber novas “encomendas” de soluções para este mercado.

obs.: A grande surpresa do Evento foi a presença dos Srs. Salomão e Zoppi, fundadores do laboratório que foram nos prestigiar (primeira foto)

Confirmação de consultas, Confirmação de Agendas, Torpedo de Voz é com a gente!

Segue alguns Depoimentos sobre o VoiceBanner !!

LottenEyes:

“O ramo médico (consultório, exame laboratorial, fisioterapeuta, dentista, etc.) vive de atendimentos e um dos principais motivos na “quebra” do faturamento é a falta do paciente (ele agenda, mas não comparece). Na Lotten Eyes não era diferente: muitos pacientes agendavam e não compareciam. O índice de “quebra” chegou a 40%. Atualmente conseguimos reduzir este índice para 14% através do envio de um lembrete e confirmação da consulta através de SMS e URA (chamada telefônica automatizada). Recebemos vários elogios dos clientes que receberam a confirmação por URA, por ser algo diferente e inovador. Nós da Lotten Eyes estamos satisfeitos pois não precisamos investir em equipamentos, os serviços prestados são de excelente qualidade e estabilidade.” – “Obrigada!!!”

Karina Montalbo

CPFL:

“O VoiceBanner é uma ferramenta muito útil na realização de callback para o atendimento emergencial. Em grandes temporais as empresas de energia elétrica sofrem com as faltas de energia coletiva, o sistema permite-nos entrar em contato com o cliente após nosso atendimento, questionando-o se o mesmo ainda permanece desligado. Com isso podemos direcionar nossos esforços de forma ágil e precisa a quem realmente permanece desligado, atendendo assim as expectativas de nosso consumidor.”

Rolands Sarreta Menezes – Gerente de Operação da Distribuição Paulista

Entrevista ao programa Armazém da Tecnologia

Esta entrevista foi concedida por um de nossos fundadores no final de 2013… mesmo assim o conteúdo mostra que já estávamos muito bem posicionados e continuamos no mesmo caminho

Programa publicado em 16 de outubro de 2013

Entrevista concedida ao Jayme Nigri, apresentador do programa Armazém da Tecnologia que revela, através de entrevistas, os meios tecnológicos que utilizamos em nosso dia-a-dia mesmo sem perceber. Nesse episódio, Jayme recebeu o empresário, Marcius Wada, falando sobre o panorama mundial da tecnologia.
O programa era transmitido ao vivo toda terça-feira, ao vivo às 09h pela TV Geração Z – http://www.tvgeracaoz.com.br