Curso de Gerenciamento de Leitos do Professor Marcelo Boeger em Salvador

img-20190808-wa00428211084568588249682.jpg

Acontecerá em Salvador (BA) , nos dias 25 e 26 de outubro, no Sotero Hotel o Curso de Gerenciamento de leitos com o Professor Marcelo Boeger.

O curso é organizado pela empresa Crescer de Salvador.

Inscrições: https://www.sympla.com.br/curso-de-gerenciamento-de-leitos__592147

Outras informações:  71 9 9699-8837  – Virginia Di Tullio – contato@crescerba.com.br

DESCRIÇÃO DO CURSO

Este curso visa oferecer as ferramentas necessárias que um hospital deve ter para gerenciar seus leitos da melhor maneira possível.

  • Otimizando a disponibilidade;
  • maximizando a ocupação dos leitos;
  • reduzindo o tempo de espera do paciente, agendamento cirúrgico, transferência interna de pacientes, manutenção;
  • aumentando o custo-benefício do hospital;
  • e aumentando o faturamento porque reduz os custos com capacidade ociosa de pessoal, infraestrutura, e desperdiço de tempo.

PÚBLICO ALVO 

Administradores hospitalares, Gestores da hotelaria hospitalar, Enfermeiros, Médicos e outros profissionais da área da saúde que desejam adquirir conhecimentos nessa área.

CONTEÚDO 

Bases para Implantação de Gerenciamento de Leitos:

– Conceito, Cenário, Raciocínio Sistêmico, Importância da Arquitetura Hospitalar para o Gerenciamento de Leitos, Premissas dos Ambientes de Serviços.

Problemas que Interferem no Gerenciamento de Leitos.

  • Gargalos no Gerenciamento de Leitos, Alertas de Altas, Serviços que influenciam a Falta de Leitos.
  • Ciclo de Serviços – Fluxo de Serviços no Gerenciamento de Leitos.

Outros Setores demandantes de Volume de Pacientes.

  • Pronto Socorro, SADT,
  • Centro Cirúrgico,
  • Hospedagem,
  • Alta,
  • Desospitalização de Pacientes Crônicos.

Principais Indicadores da Hotelaria Hospitalar.

– Indicadores de funcionamento do hospital, Indicadores por dia e tipo de paciente, Indicadores de Set Up, Indicadores de higiene, Indicadores de controle de infecção hospitalar.
Variabilidade da Demanda e seu Impacto nos Resultados.
– Implantação do Setor de Gerenciamento de Leitos, Prevenindo Atrasos, Pontos Críticos, Conhecendo e Reduzindo a Variabilidade.

METODOLOGIA

Aula expositiva dialogada, multimídia, interação aluno-professor, oficina com exercícios em sala de aula com estudos de casos e uso intensivo de recursos audiovisuais. Bons Estudos!

OBJETIVOS:

– Maximizar qualidade para o paciente e seus familiares,
– Reduzir o tempo de espera,
– Promover maior segurança assistencial,
– Gerar maior conforto a pacientes e familiares,
– Reduzir custos para Instituição,
– Reduzir transferências desnecessárias,
– Ajustar dimensionamento das equipes,
– Planejar adequadamente as atividades,
– Favorecer o fluxo da assistência,
– Determinar o paciente certo no leito necessário às suas condições em uma permanência adequada (a menor necessária para o diagnóstico e terapêutica).

Sobre o PROFESSOR: MARCELO BOEGER

imagem_release_1700843boeger* Presidente da Sociedade Latino-americana de Hotelaria Hospitalar.
* Diretor da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hospitalar.
* Coordenador e professor MBA em Hotelaria Hospitalar do Centro de        Educação em Saúde Abram Szajman do Hospital Albert Einstein.
* Mestre em Planejamento Ambiental pela Unibero.
* Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi.
* Consultor na área de Hotelaria Hospitalar e Gerenciamento de Leitos para hospitais.

Livros Publicados:
* Liderança em 5 Atos, Editora Yendis, 2014, 2ª edição (coautor).
* Hotelaria Hospitalar, Gestão em Hospitalidade e Humanização, 2ª edição Ed. Senac, 2012 (autor).
* Manual de Especialização em Hotelaria Hospitalar do Hospital Albert Einstein, Ed. Manole, 2011 (organizador).

Sobre a Crescer

logo-crescer A Crescer é especializada em Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas, a CRESCER acredita, incentiva e pratica a capacitação constante. E através de um conceito moderno, a CRESCER integra empresas e seus principais diferenciais competitivos: os colaboradores.

A frente da Crescer, está a executiva Ana Virginia Gomes Di Tullio

virginiadtulio

Virginia Di Tulio

Empreendedora e Intra empreendedora com elevada experiência, bom relacionamento, versátil, comunicação eficaz e transparente, disponível para apoiar pessoas e construir ambientes de trabalho positivos. Mais de 20 anos de experiência em algumas empresas da área de saúde, atuando em projetos importantes e exercendo papéis na área estratégica, comercial e operacional, com visão sistêmica e de busca constante na melhoria continua de processos de trabalhos com foco nos resultados da organização. Em paralelo, por cerca de 15 anos, tem ensinado em várias instituições de ensino nos cursos de graduação e pós graduação, além de inúmeras palestras em âmbito estadual e nacional. Atualmente desenvolve Treinamentos e Capacitações na Empresa Crescer .

 

Como foi a 2a.Jornada de Hotelaria Hospitalar do Sindhospa

O SINDIHOSPA (Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre) e seu comitê de Hotelaria realizou sua 2a. Jornada de Hotelaria Hospitalar. O público lotou o auditório do Hotel Sheraton em Porto Alegre. O evento, com o intuito de dividir experiências e tendências neste mercado. Trouxe para palestrar referências como :

Esta foi a segunda edição do evento, que contou com a presença dos principais hospitais e clínicas da Região Sul do País.

O ciclo de palestras sobre contextos de extrema relevância, formação e melhores práticas, reuniu profissionais de referência na área e foi um sucesso!

1Henri Siegert Chazan, presidente do SINDIHOSPA, acredita que essa troca de ideias indica rumos para a capacitação e melhorias de práticas não apenas para hospitais, mas também para outros segmentos do setor da saúde.

Segundo ele:

“A hotelaria hospitalar não se resume ao bem-estar do paciente. Trata da viabilidade de atendimento do sistema. E isso tem impacto direto nos residenciais geriátricos, por exemplo, que são tão importantes nessa cadeia”,

Nos orgulhamos muito de poder apoiar e ter patrocinado este grande evento.

Ao lado temos o nosso espaço, onde foi possível receber todos os interessados em nossa tecnologia. No local mostramos o funcionamento de 2 novidades:

Além dessas soluções estávamos a disposição para falar sobre Gerenciamento de Leitos, Confirmação de consulta automatizada, acionamentos de emergência etc. Veja um pouco no vídeo a seguir:

 

Um dos grandes destaques do evento foi a palestra de Elide Gindro Zordan do Hospital Sírio Libanês. que abordou o tema :

“Desospitalização”.

A palestra trouxe práticas aplicadas no Sírio Libanês que realmente impressionaram pelo pioneirismo no Brasil e pelos resultados.

O inicio da palestra, Elide falou um pouco do conceito e também do cenário e impactos. Explicou que as ações de desospitalização começam antes da entrada do paciente, falou da importância da integração de todo hospital e do desperdício de capacidade de leitos que estas ações evitam.

No Sírio, a previsão de alta é “amarrada” no Cid (código da doença) e na prescrição médica.  

No caso do Sírio, que trabalha com uma ocupação de 95%. O trabalho de desospitalização é fundamental para a otimização de leitos, assim é possível usar um número menor dos leitos, impactando diretamente nos custos e no aumento de receita. 

Falou bastante do trabalho em um Hospital de Porta aberta, do trabalho direto com as Evidências na Gestão de leitos, práticas assistenciais , alta antecipada …  

O Sírio tem corpo clínico aberto, a instituição é mais flexível inclusive no perfil de internação, assim o trabalho da equipe é aumentado e detalhes como previsão de alta, identificação de quais necessidades dos pacientes,  da transição e principalmente na interface com as lideranças.

Elide deu destaque ao uso de mensageria. Praticamente não se usa o telefone para ações operacionais diárias e da rotina, aplicativos de mensagens se tornaram fundamental para tomadas de decisões em tempo real. Como o celular no Sírio é corporativo o uso de plataformas abertas de comunicação transformou completamente o dia a dia.

Deu exemplos como o caso de pacientes do pronto atendimento, e de seu trabalho de controle para evitar internações desnecessárias. Pacientes que antes internavam apenas para tomar antibióticos, hoje tomam em casa.

Falou bastante também das ações de sua equipe para viabilizar o uso do Home Care. Eles ajudam a buscar a aprovação das operadoras para que esteja alinhado com a alta hospitalar.

A equipe tem um compromisso fixo. Reuniões em todas as terças feiras as 11 horas. Nesta é debatido a evolução de todos os casos crônicos internados. 

Na Coordenação do processo de alta, muita coisa é trabalhada para evitar o retorno do paciente e ajudar a garantir o melhor tratamento.

Depois? Tem casa tem Home Care? A operadora da direito ? É particular ?  ….

Outro foco de trabalho é na orientação às famílias para internações de longa permanência. O impacto dos pacientes de longa permanência e o trabalho focado nestes para buscar alternativas e buscar a desospitalização.

Há um “Score de risco” na internação. O acompanhamento das reinternações de pacientes crônicos, principalmente idosos. Inclusive o Sírio foi reconhecido por este trabalho e ganhou o Prêmio:  “Amigo do idoso”. Mesmo sendo a maioria dos crônicos ser jovens 

Uso de Inteligência empresarial aplicada, com o uso do Sistema de BI (Business Intelligence) possibilita o trabalho em tempo real de acompanhamento. Reinternações crônicas são acompanhadas desde a internação .

Dentre as atividades possibilitadas pelo BI: Indicadores de desospitalizaçãosolicitações de home care,  verificações de negativação e acompanhamento das justificativas das negativas para intervenção e tentativas de reversão e até identificação de pioras clínicas e óbitos. O “Start” de ações e atividades automatizados, garantem a efetividade das ações. 

Deu exemplo de ações aplicadas a um programa do SUS que trabalha com Mulheres que fazem curativos,com preparos antecipados para desospitalização, elas são liberadas logo de manhã após o café. 

Alguns trabalhos da equipe na melhoria dos atendimentos que possibilitam a liberação mais rápida de leitos foram abordado, um exemplo de um programa de atendimento a pacientes de procedimentos em Mamas é liberado uma internação na Véspera.

Assim que acabou a palestra, Elide concedeu uma entrevista:

Outro destaque do evento foi a palestra de Ana Augusta Salotti – Hospital Moriah /São Paulo – SP e também do Site: HotelariaHospitalar

Ana Augusta palestrou sobre o tema de Gerenciamento de Enxoval. Trouxe diversos cases de sucesso e falou sobre ações do dia a dia que impactam diretamente no Gerenciamento de Enxoval.

Outro grande destaque da Jornada de Hotelaria foi a palestra de :

  • Liane Piccoli – Hospital Moinhos de Vento /Porto Alegre – RS,

que teve o tema : Treinamento Admissional para equipe de limpeza. Registramos um pequeno trecho de 1 minuto para ilustrar este post:

Outros temas como inteligência emocional, e cases foram outros assuntos abordados na 2ª Jornada de Hotelaria Hospitalar.

Profissionais de instituições de saúde da capital gaúcha – como os hospitais Divina Providência, Santa Casa, Moinhos de Vento, Mãe de Deus, Instituto de Cardiologia e Hospital de Clínicas etc. também integraram a programação do evento.

O Palestrante Marco Fossati também deu uma entrevista após o evento:

​​

Sobre o SINDIHOSPA

sindihospa

Fundado em 12 de novembro de 1962, o Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA) representa os prestadores de serviços de saúde estabelecidos na capital gaúcha.

O sindicato patronal reúne hospitais, clínicas, residenciais geriátricos, laboratórios de análises patológicas e outras organizações do setor.

Desde 1995, o SINDIHOSPA integra a Confederação Nacional de Saúde (CNS) e a Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Rio Grande do Sul (FEHOSUL).

O SINDIHOSPA atua como protagonista nas negociações com as classes profissionais e prestadores de serviços da rede pública e privada. Além de defender os interesses de seus associados, colabora para qualificar as políticas e os modelos de atendimento das instituições.

O Sindicato conta com comitês técnicos, que realizam reuniões periódicas para tratar de assuntos estratégicos, com foco no gerenciamento e na qualificação de áreas específicas. São espaços dedicados a debates de ideias e à busca de soluções para os desafios do setor.

Os associados do SINDIHOSPA contam com assessoramento jurídico e podem participar de palestras, cursos de capacitação, painéis de inovação e fóruns sobre questões técnicas e operacionais.

MISSÃO
Fortalecer os serviços de saúde de Porto Alegre, estimulando a sua competitividade e promovendo a livre iniciativa, a economia de mercado, a integração de empregados e o respeito aos princípios éticos, em cooperação com o governo e a sociedade, visando ao desenvolvimento do setor de saúde.

Comissão Organizadora:

  • Alessandra Dewes – SINDIHOSPA
  • Daiane Almeida – Hospital São Lucas da PUCRS
  • Elisabete Reinehr – APHILAV – Associação dos Profissionais de Higienização e Lavanderia
  • Elisângela Calvi – Hospital Divina Providência
  • Melissa Cândido

Comitê de Hotelaria:

  • Adriana Meyer Leite da Silva – Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre
  • Alexsandra Costa da Silva – Hospital Nossa Senhora da Conceição
  • Ana Lúcia Kern Thomas – Hospital de Clínicas de Porto Alegre
  • Ana Rúbia Bortolotti da Rosa – Hospital Independência
  • Daiane Almeida – Hospital São Lucas da PUCRS
  • Elisabete Reinehr – APHILAV
  • Elisângela Calvi – Hospital Divina Providência
  • Gabriela Freiberger Kunrath – Hospital Restinga e Extremo Sul
  • Giovanni Fuchs – Hospital Ernesto Dornelles
  • Liane Piccoli – Hospital Moinhos de Vento
  • Marcia Maria Favero – Hospital Mãe de Deus
  • Márcia Muccillo Tigre – Hospital São Lucas da PUCRS
  • Patrícia Souza – Hospital de Clínicas de Porto Alegre
  • Potira Oliveira de Barros – Hospital Divina Providência
  • Raquel Lima de Oliveira – Hospital Mãe de Deus
  • Viviane Jacques Vianna – Hospital Ernesto Dornelles

Sobre a RCEIT

4

A RCE IT  deu todo o apoio local para a Voice Technology poder mostrar suas soluções durante o evento. Possibilitou toda infraestrutura local e colocou a disposição da Voice profissionais de seu time comercial e marketing.

Agradecemos em especial aos profissionais: